Pesquisar
Close this search box.
Publicidade
Publicidade
X
Publicidade
X

A verdade que ninguém nunca contou sobre os diversos papéis da carreira – Por Bruno Cunha

Quando estamos no Ensino Médio, o foco dos aprendizados é obter uma boa nota no Enem ou em determinado vestibular. Existem poucos direcionamentos para a vida como um todo. Não há aulas sobre sentimentos, frustrações, sucesso ou derrota — e com a carreira não é muito diferente.

Muitas pessoas estão focadas apenas em determinadas atividades e esquecem de conhecer um universo cheio de possibilidades. Afinal, o tempo é limitado e a rotina pode até mesmo engolir nossos sonhos. Porém, existem muitos papéis da carreira que você provavelmente nunca ouviu falar ou eles estão presos somente no seu plano imaginário.

E são exatamente esses detalhes que fazem muita diferença para atingir a plenitude profissional que vou abordar neste artigo. Confira!

Publicidade

Carreira técnica

Imagine a seguinte cena: uma pessoa jovem decide fazer faculdade de jornalismo e, após três ou quatro experiências em sua área de formação, assume uma função em sua área de atuação, passando a produzir conteúdo para um jornal.

Ela decide continuar a carreira profissional nesta posição técnica, pois deseja executar atividades da sua área de formação, mas começa a se sentir frustrada em razão da estagnação gerada por atividades repetitivas e rotineiras.

Carreira de gestão

Em outro cenário, o mesmo profissional, cansando-se de realizar atividades operacionais na sua área de formação e, fazendo uma autoanálise, percebe que possui competências comportamentais para gerir equipes na área de jornalismo.

Consequentemente, decide buscar uma função de liderança e passa a ocupar um cargo de Editor Chefe, posicionando-se à frente de uma equipe de jornalistas que fazem o trabalho anteriormente executado por ele.

Agora, portanto, assume o papel de garantir que o trabalho e a qualidade dos trabalhos de sua equipe. Contudo, começa a não se sentir reconhecido pela empresa em que trabalha e deseja aumentar seus ganhos financeiros.

Carreira liberal e mais autônoma

A pandemia se instala e este jornalista — que trabalha como Editor Chefe de um jornal — consegue fazer freelas em razão das facilidades do home office e sua capacitação profissional.

Nesse contexto, seu empenho é tão grande que se vê mais bem realizado profissionalmente, decidindo abandonar o emprego de Editor Chefe para dedicar-se exclusivamente à carreira enquanto profissional liberal, assumindo os riscos como Pessoa Física (PF) e passa a ganhar uma remuneração muito maior frente a quantidade de trabalhos realizados.

Carreira de empreendedorismo

Com uma elevada demanda de trabalhos autônomos o jornalista — que agora atua como profissional liberal — percebe que pode organizar uma equipe ou parceiros para aumentar ainda mais sua produtividade, atendendo uma maior quantidade de clientes.

Ele se empenha, assume riscos importantes e decide abrir uma organização, investindo em negócios próprios. Trata-se, portanto, de uma decisão que requer planejamento estratégico, visão empreendedora e habilidades de empreendedor.

Mas, muitas vezes, é o princípio do sucesso profissional. O que para muita gente é uma escolha arriscada, pode ser o caminho próspero e livre de estresses ocasionados por rotinas que estão fora do projeto de vida.

Carreira de docência

Depois de acumular tanta experiência e alguns cases de sucesso, o novo empreendedor resolver transmitir o conhecimento de tudo aquilo que aprendeu em sua trajetória a outros profissionais e, nesse momento, decide se tornar uma docente em sua área de atuação, ministrando aulas em instituições de ensino online e presencial, além de vender seus próprios cursos pela internet.

O sucesso do mercado digital é, inclusive, reflexo de investimento em softwares e também em conhecimentos que muitas vezes não são realidade das faculdades, ou seja, existe uma tendência mercadológica que está mudando os rumos de várias carreiras. E claro, para melhor!

Estes exemplos são fictícios, mas trata-se da realidade de uma reviravolta vivida na carreira de muitas pessoas. Logo, nunca pense que você se sentará em uma determinada função e ali ficará até a aposentadoria, afinal, mudanças são estimuladas pelos pensamentos e alimentadas por alterações na rotina.

O convencional sobre carreira é estudar para passar no vestibular, fazer uma boa faculdade, conseguir um emprego, cursar uma pós ou um MBA e trabalhar com afinco até completar o período exigido pela Previdência Social ou privada, certo? Mas, nem toda carreira é composta por uma “receita de bolo”, como muitas pessoas imaginam.

Cada ser humano tem seus próprios desejos e sonham de acordo com o estilo de vida que leva. Assim, enquanto muita gente decide trabalhar até os 50 anos — e se aposentar nessa idade para fazer um mochilão pelo mundo, por exemplo —, outras se dedicam a causas sociais, trabalhos voluntários, tudo devidamente planejado ao longo da jornada da vida.

Conte com uma assessoria de carreira

Existem muitos profissionais que chegam a determinado estágio na carreira que necessitam de um ano longe de tudo o que conhecem para mudarem suas percepções, ganhando novos estímulos e, até mesmo, dando novos sentidos para a vida. Dessa maneira, ficam um ano ou até mais afastados do trabalho, com uma reserva financeira que gere experiências que contribuirão para o autoconhecimento, trazendo novos paradigmas.

Como você viu, existem diversos papéis na carreira que pouca gente conhece e que podem mudar os rumos da sua vida. Mas qualquer escolha necessita de um planejamento de acordo com suas habilidades e possibilidades. Como fazer um projeto profissional bem alicerçado? Por meio de uma assessoria de carreira.

Com ela, é possível investir no desenvolvimento com tomadas de decisões certeiras, realizando adequadamente uma transição de carreira. Ao contar com análises de profissionais qualificados, certamente a sua carreira poderá tomar rumos diferenciados, mas sempre alicerçada em conquistas em prol do seu sucesso.

Nesse sentido, vale destacar que investir na carreira de forma eficiente passa diretamente por um diagnóstico de carreira. Assim, é possível compreender melhor as opções disponíveis para o seu atual momento profissional. Clique aqui e saiba mais!

Bruno Cunha, Headhunter & Especialista em Carreira. Especialista em consultoria de carreira para profissionais que buscam recolocação, mudança de emprego, desenvolvimento profissional ou transição de área/carreira. Nos últimos 19 anos, desenvolveu métodos de diagnósticos profissionais capazes de identificar as necessidades individuais de centenas de profissionais.

Me acompanhe nas redes sociais: Linkedin, Instagram, Deezer ou Spotify: @carreiracombrunocunha

*Opinião – Artigo Por Bruno CunhaHeadhunter & Especialista em Carreira, consultor para profissionais que buscam recolocação, mudança de emprego, desenvolvimento profissional ou transição de área/carreira. Nos últimos 19 anos, desenvolveu métodos de diagnósticos profissionais capazes de identificar as necessidades individuais de centenas de profissionais.

**Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Portal.

conteúdo patrocinado

MAIS LIDAS

MAIS LIDAS

conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado