Pesquisar
Close this search box.
Publicidade
Publicidade
Publicidade

Aneel estima aumento na tarifa de energia elétrica em 2023

A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) divulgou a estimativa de que a tarifa de energia elétrica terá um aumento médio de 6,9% em 2023. A informação foi apresentada pelo diretor-geral do órgão regulador, Sandoval Feitosa, durante uma audiência pública na Comissão de Infraestrutura do Senado.

Feitosa destacou que essa é uma média e que as tarifas variam em cada região do país. No Norte, a estimativa é de um aumento médio de 17,6%, enquanto no Nordeste espera-se um reajuste médio de 7,9%. Para o Centro-Oeste, Sudeste e Sul, a Aneel projeta aumentos médios de 6,5%, 5,7% e 4,5%, respectivamente.

O diretor-geral ressaltou que o Brasil é um país com energia elétrica barata, mas com tarifas elevadas. Os reajustes anuais das tarifas dos consumidores regulados, atendidos pelas distribuidoras, são determinados pela agência. Feitosa explicou que a tarifa de energia elétrica é composta pelos custos de distribuição, transmissão, geração e encargos setoriais, sendo esta última parcela a que mais tem apresentado aumento.

Publicidade

Ele esclareceu que os encargos setoriais e subsídios são estabelecidos por políticas públicas, ou seja, pelo Congresso Nacional, Presidência da República e Ministério de Minas e Energia. A Aneel desempenha o papel de fornecer informações e transparência sobre essas questões aos interessados.

É importante ressaltar que as estimativas, divulgadas em maio deste ano, estão sujeitas a incertezas devido à antecedência da projeção e à dinâmica das variáveis envolvidas nos processos tarifários.

conteúdo patrocinado

MAIS LIDAS

conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado