Pesquisar
Close this search box.
Publicidade
Publicidade
X
Publicidade
X

Energia Verde no Ceará: Missão Técnica busca parcerias estratégicas na Alemanha

Comitiva (Foto Divulgação FIEC)

No segundo dia da missão técnica na Alemanha, o Diretor Regional do SENAI Ceará e Superintendente Regional do SESI Ceará, Paulo André Holanda, teve encontros importantes para impulsionar o setor de energia verde no Ceará. Uma das reuniões foi realizada com o Vice-Cônsul do Brasil na Alemanha, Paulo Pacheco, e com o representante do departamento de investimentos do escritório europeu da Apex Brasil, Guarani de Morais.

A missão tem como objetivo fortalecer as conexões entre as empresas alemãs e as empresas associadas ao Sindienergia-CE, ressaltou o Presidente do sindicato, Luís Carlos Queiroz. Durante o encontro, Jurandir Picanço, Consultor de Energia da FIEC, apresentou o HUB de Hidrogênio Verde no Ceará e destacou o trabalho realizado pela Federação em parceria com o Governo do Estado para atrair investimentos nessa área. O representante da secretaria do Desenvolvimento Econômico do Ceará também fez uma apresentação, destacando todo o potencial do estado para viabilizar o HUB do Hidrogênio Verde, em colaboração com a FIEC, o Complexo Industrial e Portuário do Pecém e as universidades locais.

Paulo André Holanda enfatizou a importância das instituições de ensino alemãs para o SESI e o SENAI, mencionando o modelo “dual” de educação alemão e a organização do Instituto Fraunhofer como inspirações para a criação da rede de capacitação, tecnologia e inovação do SENAI, composta por 88 institutos. O diretor também ressaltou as parcerias já estabelecidas com empresas alemãs, como a agência de cooperação alemã GIZ, com a qual o SENAI possui uma sólida parceria desde 2012, voltada para o desenvolvimento de cursos de energia solar. Atualmente, estão em andamento os esforços para desenvolver cursos de hidrogênio verde no projeto H2Brasil. Além disso, o SENAI inaugurou recentemente novos laboratórios na área automotiva em parceria com a empresa alemã Mahle e a MWM.

Publicidade

A missão internacional continua em busca de firmar novas parcerias, com destaque para a Siemens e o Instituto Fraunhofer, que são perspectivas concretas de colaboração.

No período da tarde, a comitiva se encontrou com Karim Ould Chih, Diretor de Energia do KfW, banco de desenvolvimento alemão responsável por implementar projetos relacionados ao clima. O KfW tem desempenhado um papel fundamental no apoio ao governo alemão em suas iniciativas de política de desenvolvimento e cooperação internacional para o desenvolvimento há mais de 50 anos.

Estiveram presentes na reunião: Carlos Egberto, Gerente do Instituto SENAI de Tecnologia e do Centro de Inovação do SESI; Isabela Maciel, Assessora de Transição Energética do SESI SENAI; Hanter Pessoa, Diretor de Geração Distribuída do Sindienergia; Jonas Becker, Diretor Financeiro do Sindienergia; Joaquim Rolim; André Siqueira, Diretor e Empresário da área de energia; e Fellipe Faria, Especialista em Inteligência Competitiva do Centro Internacional de Negócios (CIN) da FIEC, responsável pela organização da missão.

A missão técnica na Alemanha representa um passo importante para impulsionar o setor de energia verde no Ceará, estabelecendo parcerias estratégicas e atraindo investimentos que contribuirão para o desenvolvimento sustentável e a transição energética do estado.

conteúdo patrocinado

MAIS LIDAS

conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado