Pesquisar
Close this search box.
Publicidade
Publicidade
X
Publicidade
X

Comprar roupas da Zara no Brasil: preços mais altos do que em outros países

Comprar roupas da grife espanhola Zara no Brasil tem se mostrado uma experiência mais cara do que em muitos outros países, de acordo com o “Índice Zara” elaborado pelo banco brasileiro BTG Pactual. Nesse levantamento, o Brasil figura entre os locais mais caros para adquirir peças da marca, em uma lista que contempla mais de 50 países.

A metodologia do “Índice Zara” foi inspirada no conhecido “Índice Big Mac” da revista britânica Economist. O objetivo principal é utilizar a Zara, uma rede varejista com presença global, como referência para analisar a competitividade de cada economia no setor de varejo. Essa abordagem permite avaliar a relação entre os preços das roupas da Zara e o custo de vida em cada país.

Luiz Guanais, analista de varejo do BTG e um dos economistas responsáveis pela pesquisa, destaca a relevância do estudo. Ele explica que ao utilizar a Zara como referência para o universo do varejo, é possível obter uma amostra representativa da competitividade e do custo-Brasil. Dessa forma, o Índice Zara se torna um indicador valioso para analisar o mercado varejista brasileiro e os desafios enfrentados nesse setor.

Publicidade

Em 2022, o preço médio das roupas da Zara vendidas no Brasil, quando convertido para dólares, era 1% mais caro do que os preços das mesmas peças nos Estados Unidos. Essa diferença posiciona o Brasil como o 11º país mais caro em uma lista de 55 nações onde a Zara opera suas próprias lojas. Ou seja, os consumidores brasileiros pagam mais por produtos da Zara em comparação com a maioria dos outros países analisados.

A comparação dos preços da Zara entre países latino-americanos e os Estados Unidos também revela uma disparidade significativa. No México, comprar roupas da Zara é 6% mais barato, no Peru é 13% mais barato, no Chile é 20% mais barato e na Colômbia é 26% mais barato, todos em relação aos preços praticados nos Estados Unidos.

Ao ajustar os valores pelo poder de compra, levando em consideração o nível de renda médio de cada país, a situação se torna ainda mais desfavorável para o Brasil. Nesse caso, o preço das roupas da Zara pesa 121% mais para os brasileiros do que para os norte-americanos, fazendo do Brasil o 8º país mais caro em uma lista de 50 nações analisadas.

Esse estudo sobre os preços das roupas da Zara no Brasil oferece informações valiosas sobre a competitividade do mercado varejista e os desafios enfrentados no país. As empresas do setor e os decisores políticos podem se beneficiar desses insights para buscar soluções e melhorias nesse segmento. O Índice Zara se torna, assim, uma importante ferramenta para entender o panorama do varejo brasileiro e impulsionar mudanças necessárias para tornar o mercado mais competitivo e acessível aos consumidores.

conteúdo patrocinado

MAIS LIDAS

conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado