Pesquisar
Close this search box.
Publicidade
Publicidade
X
Publicidade
X

Jack Ma Reaparece como professor convidado em Tóquio

O emblemático fundador do Alibaba, Jack Ma, fez uma rara aparição pública ao ministrar um seminário na Universidade de Tóquio na última segunda-feira (12/6). Durante duas horas, Ma compartilhou sua perspectiva sobre filosofia de gestão e aconselhou jovens sobre como alcançar sucesso, baseando-se em sua vasta experiência em empreendedorismo e inovação.

As aparições de Jack Ma tornaram-se escassas após 2020, quando ele criticou abertamente as regulamentações financeiras na China. As autoridades chinesas responderam com novas regras que afetaram a fintech Ant Group, parte do conglomerado Alibaba, barrando seu IPO de US$ 37 bilhões. Esse evento causou uma queda acentuada nas ações do Alibaba, resultando em uma diminuição significativa da fortuna de Ma.

Em 2019, Ma anunciou sua intenção de voltar a lecionar, mas essa ideia foi aparentemente colocada em espera após seu afastamento da vida pública. Segundo o Business Insider, ele foi visto em novembro do ano passado em países como Japão, Tailândia e Hong Kong, e foi nomeado professor honorário da Universidade de Hong Kong em abril.

Publicidade

Antes dos eventos de 2020, Ma era frequentemente visto como o rosto das empresas de tecnologia chinesas. No entanto, após um discurso que criticava o sistema regulatório financeiro chinês, ele optou por manter um perfil mais discreto.

Teorias e especulações sobre o seu “desaparecimento” proliferaram, algumas sugerindo cenários extremos, como um suposto assassinato pelo governo chinês. Sua crítica ao sistema regulatório e a iniciativa “Prosperidade Comum” do governo, que visa uma distribuição de renda mais equitativa, resultaram em intenso escrutínio regulatório de sua empresa.

Atualmente, acredita-se que Jack Ma esteja residindo em Tóquio, onde mantém uma presença discreta, frequentando clubes privados e aproveitando as fontes termais e estações de esqui com a família.

Embora ele não atue mais como CEO do Alibaba desde 2019, Ma continua envolvido em suas iniciativas filantrópicas como presidente do conselho da Fundação Jack Ma.

 

conteúdo patrocinado

MAIS LIDAS

conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado