Pesquisar
Close this search box.
Publicidade
Publicidade
X
Publicidade
X

Adriana Kugler assume Federal Reserve nos EUA

Foto: divulgação/banco mundial

O Senado dos Estados Unidos anunciou nesta quinta-feira (07) a confirmação de Adriana Kugler, economista renomada do Banco Mundial, para a diretoria do Federal Reserve.

Com sua nomeação aprovada por 53 a 45 votos, Adriana Kugler faz história ao ser a primeira latina a integrar o banco central norte-americano em seus 109 anos de existência. A indicação contou com o apoio de alguns republicanos e foi destacada pelo senador democrata Bob Menendez.

Na quarta-feira (06), o Senado também confirmou Philip Jefferson como “vice-chair” do Federal Reserve, e Lisa Cook para um segundo mandato na diretoria. Ambos são profissionais negros com doutorado em economia e uma vasta experiência acadêmica.

Publicidade

A adição de Kugler completa os sete membros da diretoria do Fed, que, junto com os presidentes dos 12 bancos centrais regionais, delineiam a política monetária dos Estados Unidos. Atualmente, a instituição enfrenta uma encruzilhada.

Crise

Nos últimos 18 meses, o Fed elevou as taxas de juros em 5,25 pontos percentuais, buscando controlar a inflação, que atingiu 7% no verão passado nos EUA.

A recuperação das cadeias de suprimentos afetadas pela pandemia e os custos mais elevados dos empréstimos contribuíram para restaurar o equilíbrio no mercado de trabalho, conforme afirmou Jerome Powell, presidente do Fed.

A expectativa é que o Fed mantenha sua taxa de juros na faixa de 5,25% a 5,50% durante a reunião de política monetária marcada para 19 e 20 de setembro, deixando a possibilidade de novo aumento antes do final do ano, caso haja pressões inflacionárias.

conteúdo patrocinado

MAIS LIDAS

MAIS LIDAS

conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado