Líderes mundiais se pronunciam sobre ataque do Hamas

(Foto: Divulgação)

No sábado (7), líderes mundiais condenaram o ataque realizado pelo movimento palestino Hamas contra Israel. Segundo divulgado, pelo menos 100 mortes e centenas de feridos foram registradas. Em resposta, Israel lançou um ataque à Faixa de Gaza que resultou em 198 mortes. Nesse sentido, a comunidade internacional está se pronunciando.

Sendo assim, o presidente brasileiro, Luiz Inácio Lula da Silva, condenou o terrorismo em todas as suas formas e, na qualidade de presidente do Conselho de Segurança da ONU, instou a comunidade internacional a buscar uma solução que garanta a existência de um Estado Palestino economicamente viável, coexistindo pacificamente com Israel.

Líderes mundiais como Joe Biden, Antony Blinken e o primeiro-ministro do Reino Unido, Rishi Sunak, manifestaram solidariedade a Israel e condenaram o ataque do Hamas como um ato de terrorismo hediondo. O primeiro-ministro canadense, Justin Trudeau, enfatizou o apoio total de seu país a Israel e à proteção dos civis.

O coordenador das Nações Unidas para o processo de paz no Oriente Médio, Tor Wennesland, condenou os ataques e instou todas as partes a protegerem os civis e buscarem a máxima contenção.

O presidente de Israel, Isaac Herzog, afirmou que o ataque do Hamas revelou sua verdadeira natureza como um exército terrorista. Herzog reiterou o compromisso de Israel em enfrentar os desafios e garantir a segurança de seus cidadãos.

 

Receba as últimas notícias do Economic News Brasil no seu WhatsApp e esteja sempre atualizado! Basta acessar o nosso canal: CLIQUE AQUI!

conteúdo patrocinado

MAIS LIDAS

conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado