CEO da Petrobras discute mudança de política de preços

Foto: Reprodução

O CEO da Petrobras, Jean Paul Prates, anunciou uma mudança significativa na política de preços da empresa. A Petrobras, agora, adota uma estratégia que abandona o PPI e considera fatores nacionais, rompendo com a prática anterior de ajustes em tempo real baseados no mercado global.

 

Jean Paul Prates, CEO da Petrobras, confirmou a nova abordagem da empresa quanto à política de preços. Esta mudança marca o fim da política de Paridade de Preço de Importação (PPI), em vigor desde 2016. Agora, a Petrobras focará em elementos mais nacionais para determinar os preços.

 

Prates destacou sua comunicação regular com o presidente Lula, enfatizando que, apesar da Petrobras ser uma empresa de capital aberto com o governo como acionista majoritário, não há interferência direta do presidente na gestão da empresa. Essas reuniões servem para alinhar visões e discutir o cenário internacional.

 

O Ministro de Minas e Energia, Alexandre Silveira, também se pronunciou, reiterando a importância de adaptar a política de preços da Petrobras, respeitando sua governança e natureza jurídica. Ele enfatizou a necessidade de revisão na abordagem da empresa em relação aos preços dos combustíveis.

Investimentos e Estratégia Futura

 

Prates salientou que não houve intervenção do presidente na formulação do plano estratégico da Petrobras, que prevê investimentos significativos nos próximos anos. Ele reforçou a importância de uma estratégia que equilibra a operação no Brasil com as demandas do mercado global.

A mudança de política de preços da Petrobras, sob a liderança de Jean Paul Prates, representa um passo significativo na adaptação da empresa ao cenário nacional, mantendo um olhar atento ao mercado global. A comunicação constante com o governo assegura um alinhamento estratégico, garantindo que a Petrobras continue sendo um player chave no setor de energia.

Receba as últimas notícias do Economic News Brasil no seu WhatsApp e esteja sempre atualizado! Basta acessar o nosso canal: CLIQUE AQUI!

conteúdo patrocinado

MAIS LIDAS

conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado