Aumento de graduados em cargos não especializados

(Foto: Picas Joe/pexels)

O aumento de graduados em cargos não especializados é um fenômeno marcante no mercado de trabalho atual, conforme revelado por uma análise recente do Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (Dieese). Baseado em dados da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua (PnadC) do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE)., observa-se um crescimento de 15,5% entre 2019 e 2022 no número de pessoas com ensino superior completo, ocupando posições que tradicionalmente não exigem essa qualificação.

A pesquisa do Dieese aponta um incremento de 22% no número de diplomados trabalhando como balconistas ou vendedores de loja e um impressionante aumento de 45% entre profissionais de nível médio de enfermagem com formação superior. Enquanto isso, a ocupação de pessoas com ensino médio completo teve um aumento mais modesto de 7,1%, com o número total de ocupados crescendo em 4%.

Crescimento Geral de Graduados: Este cenário acompanha um aumento geral de 14,9% no número de pessoas em idade ativa com formação superior, equivalente a um acréscimo de aproximadamente 3,7 milhões de pessoas com essa qualificação desde 2019. A taxa de crescimento foi mais acentuada para o ensino superior, contrastando com um aumento de 5,9% no ensino médio completo e uma redução de 4,6% no ensino fundamental completo.

Foco em Motoristas e Entregadores: Dos 704 mil motoristas de aplicativo analisados, excluindo taxistas, cerca de 86 mil possuem ensino superior completo. Entre os 589 mil entregadores, aproximadamente 70 mil concluíram o ensino superior.

Rendimento e Condições Econômicas: O contexto econômico adverso reflete-se nos rendimentos. Houve uma redução de 0,5% no rendimento médio total dos ocupados, com quedas mais expressivas de 2,5% entre os com ensino médio e de 8,7% para os com ensino superior completo. Em números absolutos, isso representa uma diminuição de R$ 2.834 para R$ 2.819 no total de ocupados, de R$ 2.196 para R$ 2.140 entre os com ensino médio e de R$ 6.188 para R$ 5.650 entre os com ensino superior.

Receba as últimas notícias do Economic News Brasil no seu WhatsApp e esteja sempre atualizado! Basta acessar o nosso canal: CLIQUE AQUI!

conteúdo patrocinado

MAIS LIDAS

conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado