Pesquisar
Close this search box.

Ibovespa inicia 2024 em queda

Copom decide sobre taxa de juros em contexto estável
(Foto: Nicholas Cappello/Unsplash)

Após um ano de expressivo crescimento em 2023, o Ibovespa inicia 2024 em queda, atingindo 133.280,98 pontos, uma variação de -0,67%. O mercado reage a quedas em setores como grandes bancos, companhias aéreas, construtoras, frigoríficas e varejistas. No entanto, as ações da Petrobras (PETR4) e Vale (VALE3) resistem, impulsionadas pelo aumento nas commodities.

O dólar comercial registra um avanço de 0,69%, atingindo R$ 4,885, enquanto os juros futuros (DIs) seguem uma trajetória ascendente em toda a curva. O petróleo também apresenta alta superior a 2%, influenciado pelas tensões no Mar Vermelho. O minério de ferro, negociado na bolsa de Dalian, mostra um ganho de 2,93%, com indicadores otimistas vindos da Ásia.

No cenário nacional, o primeiro Boletim Focus do ano apresenta uma projeção reduzida para a inflação de 2024, mantendo a estimativa para o PIB. Em meio a desafios setoriais, apenas 17 ações registram alta, com destaque para BHIA3, liderando os ganhos com 2,64%.

A volatilidade atinge as petroleiras juniores e as empresas de educação, enquanto as divulgações globais de PMI (Índice de Gerentes de Compras) ganham destaque. Apesar dos dados surpreenderem ligeiramente as estimativas para países europeus, como Alemanha e França, indicam uma continuidade na contração da economia em dezembro. Nos EUA, os PMI e as informações sobre gastos com construção em novembro são aguardados.

Receba as últimas notícias do Economic News Brasil no seu WhatsApp e esteja sempre atualizado! Basta acessar o nosso canal: CLIQUE AQUI!

conteúdo patrocinado

MAIS LIDAS

conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado