Pesquisar
Close this search box.

Parceria inovadora que visa limpeza dos oceanos – Por Jackson Pereira Jr.

Jackson Pereira Jr., empreendedor, diretor do BNTI, fundador e CEO do Economic News Brasil.
Por Jackson Pereira Jr., empreendedor, diretor do BNTI, fundador e CEO do Economic News Brasil.

A crise global dos resíduos plásticos nos oceanos, estimada em 14 milhões de toneladas métricas de microplásticos, recebeu um novo aliado na luta contra a poluição marinha. A Maersk, em parceria com a organização holandesa The Ocean CleanUp, está comprometida com a limpeza dos mares, tendo como meta uma redução significativa do lixo oceânico até 2040.

O Progresso da Parceria Maersk-The Ocean CleanUp

Esta parceria inovadora que visa limpeza dos oceanos já alcançou marcos importantes. Após testes iniciais com o modelo 001 em 2019, o modelo 002 apresenta resultados importantes desde 2021, validando a eficácia da tecnologia de limpeza. Até o momento, mais de 29 mil toneladas de resíduos foram coletadas, com a parceria planejando expandir o tamanho do sistema para aumentar a eficiência.

Plásticos recolhidos da ilha do lixo, localizada no oceano pacífico, durante os testes. Foto: Divulgação The Ocean CleanUp

Foco na Sustentabilidade e Inovação

A Maersk não só fornece suporte logístico, mas também contribui com tecnologia de sensor científico para mapear os resíduos plásticos. Além disso, a empresa apoia a The Ocean CleanUp em várias frentes, incluindo o manuseio logístico e o fornecimento de serviços marítimos offshore através da Maersk Supply Services.

O Desafio dos Plásticos de Uso Único

Enfrentando a crise do plástico de uso único, The Ocean CleanUp está transformando os resíduos recolhidos em produtos úteis, como óculos, evitando assim que o plástico retorne ao oceano. Estes esforços são parte
de uma estratégia maior para criar um impacto sustentável, planejando outros produtos reciclados que gerem receita e promovam a consciência ambiental.

Foto: Divulgação The Ocean CleanUp

Impacto e Futuro da Iniciativa

Além disso, o trabalho conjunto da Maersk e The Ocean CleanUp não se limita apenas a limpar a região conhecida como ilha do lixo do Pacífico, que contém cerca de 1,8 trilhão de pedaços de plástico; ele também tem como objetivo crucial interromper o fluxo de plástico para os oceanos. Nesse contexto, com o apoio vital da Maersk, a organização está aprimorando os processos de coleta e reciclagem. Ademais, esse esforço inclui concentrar esforços especialmente em áreas com maior concentração de lixo, otimizando assim a eficiência do projeto.

Contribuição Científica e Ambiental

A iniciativa também se destaca pela sua abordagem cuidadosa em relação à vida marinha, assegurando que a interação dos sistemas de limpeza com o ecossistema seja saudável e sustentável. Isso reflete o compromisso das organizações com a preservação ambiental e o equilíbrio ecológico.

Um Passo em Direção a Oceanos Mais Limpos

A parceria entre Maersk e The Ocean CleanUp é um exemplo notável de como a colaboração e a inovação podem abordar problemas ambientais globais. Ao unir tecnologia avançada e compromisso sustentável, este projeto destaca a importância e a urgência de limpar nossos oceanos, oferecendo uma esperança tangível para um futuro mais limpo e saudável para os ecossistemas marinhos.

*Opinião – Artigo Por Jackson Pereira Jr.empreendedor, diretor do BNTI, fundador e CEO do Economic News Brasil.

**Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Portal.

Receba as últimas notícias do Economic News Brasil no seu WhatsApp e esteja sempre atualizado! Basta acessar o nosso canal: CLIQUE AQUI!

conteúdo patrocinado

MAIS LIDAS

conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado