Vendas no comércio varejista mostram estabilidade em 2023

Comércio varejista
Comércio varejista (Foto: Marcello Casal Jr/Agência-Brasil)

Durante outubro e novembro do ano passado, as vendas no comércio varejista no Brasil permaneceram estáveis, registrando uma pequena variação de apenas 0,1% nas vendas. O período representa o segundo mês consecutivo de estabilidade, o que é notável, considerando que em outubro as vendas haviam apresentado uma queda de 0,3%.

No entanto, é importante notar que as vendas no comércio varejista ainda estão 1,9% abaixo do recorde alcançado em novembro de 2020, embora tenha superado em 4,5% o nível pré-pandemia, que remonta a fevereiro de 2020. No que diz respeito aos números anuais, as vendas acumularam um aumento de 1,7%, enquanto nos últimos 12 meses, a variação se manteve em 1,5%.

De acordo com Cristiano Santos, gerente da pesquisa, “o comércio tem mantido uma trajetória de crescimento em 2023, porém, sem avanços significativos mês a mês. O setor apresentou uma volatilidade muito baixa, com resultados muito próximos de zero. Com exceção de janeiro, o restante do ano manteve-se estável ou com taxas muito baixas”.

Entre as oito atividades pesquisadas, novembro registrou resultados positivos em seis delas.

AtividadeVariação em Novembro (%)
Equipamentos e materiais para escritório, informática e comunicação18,6
Móveis e eletrodomésticos4,5
Tecidos, vestuário e calçados3,0

Parte dos resultados é atribuída à Black Friday, que aconteceu no final de novembro de 2023 e desempenhou um papel crucial na estabilização das vendas. Portanto, o evento impacta diretamente em quatro setores específicos: tecidos, vestuário e calçados; móveis e eletrodomésticos; equipamentos e materiais de escritório, informática e comunicação; bem como outros produtos destinados ao uso pessoal e doméstico.

“Entre essas atividades, a que mais cresceu foi Equipamentos e Material para Escritório, Informática e Comunicação, com um avanço de 18,6%. Além da Black Friday, a depreciação do dólar, que caiu 2,5% em novembro, também impulsionou as vendas de produtos de informática”, explicou Santos.

 

Receba as últimas notícias do Economic News Brasil no seu WhatsApp e esteja sempre atualizado! Basta acessar o nosso canal: CLIQUE AQUI!

conteúdo patrocinado

MAIS LIDAS

conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado