Como o mercado global de luxo se saiu em 2023?

Mercado global de luxo
Foto: Gabrielle Henderson/Unsplash

Em 2023, o mercado global de luxo, antes resiliente, começou a mostrar sinais de desaceleração. Isso se deve à inflação persistente e incertezas econômicas, levando a uma redução nos gastos dos consumidores. Os mercados afetados incluem Europa, Estados Unidos, China e Japão, conforme destacado no relatório Vogue Business Index.

Crescimento em Novos Mercados

Contrariamente, novas oportunidades surgem no Brasil, Coreia do Sul e Oriente Médio. Estes mercados estão gerando taxas de penetração mais altas para categorias de luxo, em comparação com mercados mais maduros onde muitas marcas já estão estabelecidas. O Brasil, por exemplo, se destaca na venda de relógios e calçados de luxo.

Análise Semestral do Vogue Business Index

O estudo da Vogue Business analisou 160 dados de 60 principais marcas de luxo. Focou em áreas-chave como percepção do consumidor, ESG, inovação e resultados financeiros. Anusha Couttigane, da Vogue Business, compartilhou esses insights durante a NRF 2024.

Fatores Econômicos no Brasil

A reforma tributária aprovada no Brasil em 2023 é um dos impulsionadores para o investimento no país. A expectativa é que a carga tributária caia de 34,4% para 27%, o que foi positivamente recebido pelo mercado.

Após a reforma, a S&P elevou a nota de crédito do Brasil, e o Ipea prevê um aumento de 2,35% no PIB nos próximos oito anos.

Perfil do Consumidor Brasileiro

O consumidor brasileiro de luxo é descrito como exigente, preferindo experiências de compra direta e física. Há também um interesse significativo em opções de compras online.

Diferente do consumidor comum, o consumidor de luxo valoriza mais a sustentabilidade social. Eles se interessam em saber se as marcas de luxo oferecem salários dignos e investem em diversidade e inclusão.

Receba as últimas notícias do Economic News Brasil no seu WhatsApp e esteja sempre atualizado! Basta acessar o nosso canal: CLIQUE AQUI!

conteúdo patrocinado

MAIS LIDAS

conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado