Renascimento do agronegócio: importações de máquinas agrícolas

Máquinas Agrícolas. Foto: New Holland/divulgação

Em 2023, as importações de máquinas agrícolas e tratores no Brasil registraram um crescimento de US$ 1,4 bilhão, conforme pesquisa da Vixtra. O valor representa um aumento de US$ 240 milhões em comparação ao ano anterior, 2022.

A Secretaria de Comércio Exterior (Secex) forneceu os números, que indicam um crescimento das importações dos equipamentos desde 2018, exceto em 2020, devido à pandemia de COVID-19 que impactou negativamente vários setores, incluindo o agronegócio.

No entanto, com a retomada das atividades econômicas em todo o mundo em 2021, o setor agrícola brasileiro também se recuperou. Além disso, em 2022 teve um aumento de 57% nas importações em relação ao ano anterior.

As importações de máquinas agrícolas e tratores cresceram em 2023. De acordo com a Associação Brasileira da Indústria de Máquinas e Equipamentos (Abimaq) houve uma queda de 20,8% nas vendas entre novembro de 2022 e novembro de 2023, com faturamento total de R$ 68,4 bilhões.

O aumento nas importações de máquinas agrícolas e tratores está diretamente ligado ao crescimento da demanda no mercado brasileiro, em especial no setor do agronegócio. O setor desempenha um papel no cenário internacional, exportando uma variedade de commodities agrícolas.

O crescimento contínuo nas importações de máquinas e tratores desde 2018 é resultado do aumento da demanda por esses produtos no mercado brasileiro. As previsões do IBGE apontaram para uma safra recorde em 2023 para leguminosas, oleaginosas e cereais, por exemplo – é necessário investir cada vez mais em equipamentos para manter os ganhos de produtividade.”, destacou Leonardo Baltieri, co-CEO da Vixtra.

 

Receba as últimas notícias do Economic News Brasil no seu WhatsApp e esteja sempre atualizado! Basta acessar o nosso canal: CLIQUE AQUI!

conteúdo patrocinado

MAIS LIDAS

conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado