Pesquisar
Close this search box.

Zuckerberg avalia Apple Vision Pro e Meta Quest 3

CEO do Meta renova tensão em torno das marcas. (Foto: Julio Lopez/Pexels)
CEO do Meta renova tensão em torno das marcas. (Foto: Julio Lopez/Pexels)

A rivalidade entre a Meta, comandada por Mark Zuckerberg, e a Apple intensifica-se no mercado de tecnologia. Anos de disputa culminaram em 2022, quando Zuckerberg criticou a política de taxas da App Store, que, segundo ele, resultou em uma perda de receita de US$ 10 bilhões para a Meta. Esta contenda se aprofunda com a introdução, nos estoques norte-americanos, do Apple Vision Pro, um óculos de realidade virtual e aumentada da Apple que promete revolucionar a maneira como as pessoas interagem com tecnologia digital.

Zuckerberg testa o Vision Pro

Na última terça (13), em um post no Instagram, Zuckerberg realizou um teste de produto na Apple, comparando-o com o dispositivo de sua própria empresa, o Meta Quest 3. O empresário não escondeu sua preferência pelo produto da Meta, citando maior conforto, embora tenha reconhecido a superioridade do Vision Pro em termos de resolução de tela e eficácia do rastreamento ocular. Sua crítica aberta ao produto da Apple sinaliza uma nova fase na competição entre as duas gigantes tecnológicas.

A estratégia de Zuckerberg contra a Apple

Na esteira desta avaliação, Zuckerberg adotou uma estratégia para encorajar os usuários a evitarem a comissão de 30% da Apple em compras dentro do aplicativo. Instruindo-os a realizar compras de impulsionamento de conteúdo por meio de navegadores móveis ou computadores, Zuckerberg busca direcionar mais receitas diretamente para a Meta, evitando as taxas impostas pela App Store. Este movimento demonstra uma tática para recuperar as perdas financeiras atribuídas às políticas da Apple.

A batalha continua

O teste e análise de Zuckerberg sobre o Apple Vision Pro versus o Meta Quest 3 reflete não apenas uma comparação de produtos, mas também a contínua rivalidade entre as duas empresas. Enquanto a Apple busca transformar a interação digital com seus novos óculos VR/AR, a Meta foca no desenvolvimento do metaverso e em estratégias para maximizar suas receitas em face das políticas da App Store. A batalha entre estas duas potências tecnológicas, portanto, está longe de terminar.

Receba as últimas notícias do Economic News Brasil no seu WhatsApp e esteja sempre atualizado! Basta acessar o nosso canal: CLIQUE AQUI!

conteúdo patrocinado

MAIS LIDAS

conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado