Pesquisar
Close this search box.

Apple encerra projeto de carro elétrico

Apple
(Imagem: Laurenz Heymann/Unsplash)

A Apple encerrou o Projeto Titan, o projeto de carro elétrico, após uma década de pesquisa e desenvolvimento, revelou uma fonte à Reuters nesta terça-feira (27). Iniciado há dez anos, quando o interesse por veículos autônomos estava em alta no Vale do Silício, o projeto foi oficialmente cancelado.

Funcionários envolvidos no projeto serão realocados para a divisão de inteligência artificial (IA) da empresa, conforme reportado pela Bloomberg News. A empresa optou por não comentar sobre o assunto.

O cancelamento do Projeto Titan ocorre em meio a uma desaceleração na demanda por veículos elétricos nos Estados Unidos, devido às altas taxas de juros implementadas para conter a inflação. Essa desaceleração tem levado a uma redução na produção e corte de empregos no setor automotivo.

Montadoras líderes, incluindo a Tesla, têm ajustado suas estratégias de investimento, com algumas optando por focar em veículos híbridos em vez de totalmente elétricos. Esse movimento reflete as mudanças no cenário econômico e de consumo, onde o preço dos veículos elétricos tornou-se um fator limitante para os consumidores.

Apple supera Samsumg

Apple comemorou a conquista no mercado de smartphones de 2023, de acordo com dados preliminares da IDC. A empresa americana ultrapassou a sul-coreana Samsung em número de unidades vendidas, uma conquista que não ocorria desde 2010. A Apple comercializou um total de 234,6 milhões de unidades, superando os 226,6 milhões da Samsung. A chinesa Xiaomi permanece em terceiro lugar, mas está cada vez mais distante do topo do ranking.

 

Posição Empresa Unidades Vendidas (milhões)
1 Apple 234,6
2 Samsung 226,6
3 Xiaomi 145,9
4 Oppo Dados não disponíveis
5 Transsion Dados não disponíveis

O mercado global de smartphones caiu 3,2% em relação a 2022, no último trimestre do ano surpreendeu com um aumento de 8,5% nas vendas. Portanto, atualmente, os consumidores agora preferem modelos premium, que, mesmo mais caros, oferecem maior durabilidade. A Apple é a nova líder com 20,1% da fatia de mercado, sendo a única empresa do top 3 a aumentar a participação em 2023, impulsionada pelo desempenho da linha iPhone 15.

A Samsung, agora com 19,4% de mercado, viu uma queda de 13,6% no ano devido à crescente diversificação entre as fabricantes de dispositivos Android, tornando o cenário ainda mais competitivo com marcas como OnePlus, Oppo, Honor, Google Pixel e o retorno da Huawei. Embora a IDC ainda não tenha divulgado o relatório completo, espera-se que a liderança da Apple continue, intensificando ainda mais a competição no setor de smartphones em 2024.

Receba as últimas notícias do Economic News Brasil no seu WhatsApp e esteja sempre atualizado! Basta acessar o nosso canal: CLIQUE AQUI!

conteúdo patrocinado

MAIS LIDAS

conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado