Pesquisar
Close this search box.

Bryan Johnson: o milionário que investe US$ 2 mi para voltar a juventude

Bryan Johnson
(Foto: @bryanjohnson_/Instagram)

Bryan Johnson, um milionário do setor de tecnologia, adotou um regime de saúde extravagante e altamente questionado com o objetivo de “reduzir” sua idade biológica em 28 anos. Aos 46 anos, Johnson não mede esforços nem investimentos para alcançar a juventude e o vigor de um jovem de 18, utilizando um mix de práticas que vão desde a terapia com luz infravermelha até uma dieta restritiva que termina às 11h da manhã.

O protocolo Blueprint

Criado por Bryan Johnson, o protocolo Blueprint consiste em uma série de práticas diárias meticulosas que incluem mais de 100 comprimidos, restrições alimentares severas, e até o uso de um anel peniano durante o sono. Esse conjunto de hábitos custa ao empresário cerca de US$ 2 milhões por ano, sob a supervisão de uma equipe com 30 médicos.

Entre o ceticismo e a esperança

Apesar do investimento milionário e da dedicação de Johnson, suas práticas têm sido amplamente questionadas pela comunidade médica. A eficácia e segurança de algumas dessas intervenções, como a transfusão de plasma do sangue de seu filho, levantam preocupações significativas. Além disso, a rigidez de sua dieta e o consumo excessivo de suplementos são vistos com ceticismo por especialistas, que alertam para os potenciais riscos à saúde.

Uma visão além do tempo

O milionário não se intimida com as críticas. Sua jornada é movida pela convicção de que as opiniões atuais representam o passado, e ele está mais interessado no que as gerações futuras pensarão de suas escolhas e descobertas. Através do protocolo Blueprint, Johnson busca não apenas prolongar a vida, mas também questionar e expandir os limites do que é considerado possível no campo da longevidade e saúde humana. O protocolo de Bryan é seguido por outras pessoas que fazem parte do movimento conhecido como “Don’t Die” (“não morra”, em inglês).

Reflexão sobre a longevidade

Enquanto alguns veem em Johnson um visionário, outros o veem como um exemplo dos perigos da autoexperimentação sem base científica sólida. Em um mundo onde a tecnologia avança a passos largos, a história de Johnson levanta importantes questões sobre a ética, a ciência e o futuro da saúde humana.

Quem é Bryan Johnson?

Bryan Johnson é um empresário, capitalista de risco, escritor e autor americano. Ele é o fundador e CEO da Kernel, uma empresa que cria dispositivos que monitoram e registram a atividade cerebral, e da OS Fund, uma empresa de capital de risco que investe em empresas de ciência e tecnologia em estágio inicial.

A Kernel diz ser capaz de acelerar e baratear tratamentos neurológicos com a ajuda de um capacete que consegue “ler” o cérebro e é vendido por US$ 50 mil (R$ 250 mil), de acordo com o New York Post. Segundo a revista Fortune, Bryan Johnson tem uma fortuna avaliada em US$ 400 milhões, o quê é equivalente a R$ 2 bilhões.

Receba as últimas notícias do Economic News Brasil no seu WhatsApp e esteja sempre atualizado! Basta acessar o nosso canal: CLIQUE AQUI!

conteúdo patrocinado

MAIS LIDAS

conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado