Pesquisar
Close this search box.

Estatal chinesa anuncia descoberta de grande campo de petróleo

Estatal chinesa anuncia descoberta de grande campo de petróleo
Plataforma de petróleo na China (Foto: Divulgação/Kaiping).

A petrolífera estatal China National Offshore Oil Corp (CNOOC) anunciou recentemente a descoberta de um campo de petróleo de grande porte no mar do Sul da China. Esta nova reserva, situada no campo Kaiping South, está localizada a 300 quilômetros da costa da província de Guangdong e contém mais de 100 milhões de toneladas de óleo equivalente, com petróleo leve predominante em uma profundidade de aproximadamente 500 metros.

Esse anúncio resultou em um aumento nas ações da empresa. Em Xangai, as ações atingiram 30,88 yuan por ação, fechando em alta de 8,94% a 30,58 yuan. Em Hong Kong, observou-se uma ascensão de 4,42%.

Xu Changgui, vice-chefe de exploração da CNOOC, informou que o campo de petróleo Kaiping South é o primeiro descoberto em águas profundas de grande porte na China. Ele expressou que a descoberta amplia a base de recursos da empresa para desenvolvimento de alta qualidade e ressalta as promissoras perspectivas de exploração no mar do Sul da China.

A CNOOC, sendo a terceira maior empresa de petróleo da China e a principal produtora offshore de petróleo e gás, tem intensificado seus investimentos em explorações offshore nos últimos anos. O objetivo é aumentar suas reservas e compensar a produção em declínio de campos terrestres mais antigos.

O CEO e presidente da CNOOC, Zhou Xinhuai, destacou os avanços na exploração de petróleo e gás no leste do mar do Sul da China, criando um novo polo de crescimento. Segundo ele, as áreas de águas profundas e estratos profundos, anteriormente pouco exploradas, são fundamentais para o crescimento futuro das reservas e produção de petróleo e gás do país. As camadas profundas e ultraprofundas são estimadas em aproximadamente 67,1 bilhões de toneladas de óleo equivalente, representando 34% das reservas totais de petróleo e gás da China.

“A empresa permanece dedicada ao desenvolvimento e exploração de petróleo e gás no mar do Sul da China, buscando aumentar continuamente sua capacidade de fornecimento de energia”, afirmou Zhou.

O mar do Sul da China, sendo a maior e mais profunda área offshore nas proximidades da China, tem sido uma região chave para a CNOOC desde o início da produção do primeiro campo de petróleo em 1990. A exploração e desenvolvimento nessa área tem se voltado para águas profundas nos últimos 30 anos, enfrentando desafios como custos elevados, riscos aumentados, e complexidades geológicas e técnicas.

Recentemente, a produção diária de petróleo bruto no leste do mar do Sul da China superou 50 mil toneladas, representando quase um décimo da produção diária nacional. Esse marco evidencia a importância crescente das reservas offshore para o futuro da produção de petróleo e gás na China.

Em um esforço para impulsionar a produção doméstica, a China lançou um plano de ação de sete anos em 2019, com metas de produção de petróleo bruto e gás natural até 2025. Wang Dongjin, presidente da CNOOC, informou que a empresa investiu mais de 76 bilhões de yuan em exploração doméstica nos últimos cinco anos, descobrindo reservas offshore. A CNOOC contribuiu com mais de 60% para o aumento da produção de petróleo bruto offshore nacional, mantendo uma taxa de reposição de reservas acima de 130%, segundo Wang.

Receba as últimas notícias do Economic News Brasil no seu WhatsApp e esteja sempre atualizado! Basta acessar o nosso canal: CLIQUE AQUI!

conteúdo patrocinado

MAIS LIDAS

conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado