Pesquisar
Close this search box.
conteúdo patrocinado

Bradesco altera políticas de carreira e incorpora Bram

Bradesco altera políticas de carreira e incorpora Bram
(Foto: Bradesco/Divulgação).

O Bradesco realizou uma assembleia geral ordinária (AGO) onde aprovou importantes alterações em sua estrutura de carreira e anunciou a incorporação da Bradesco Asset, anteriormente conhecida como Bram. Estas medidas são parte de um esforço de reestruturação iniciado pelo novo CEO, Marcelo Noronha, visando modernizar o banco e tornar a estrutura mais ágil e eficiente.

Com as mudanças nos processos de carreiras, o Bradesco elimina a exigência de dez anos de atuação interna para que profissionais possam ser promovidos a cargos na diretoria executiva, abrindo assim o caminho para a contratação de talentos externos. Essa decisão reflete uma mudança na política de gestão de talentos do banco, historicamente conhecida por valorizar a promoção interna.

 

conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado

A mesma AGO aprovou a incorporação da Bradesco Asset, que não altera sua gestão ou operação no curto prazo. Luiz Carlos Trabuco Cappi, presidente do conselho de administração do Bradesco, afirmou que o banco está aberto a inovações no seu processo organizacional, indicando uma disposição para atrair executivos com novas ideias.

 

Em nota, Luiz Carlos Trabuco Cappi, afirmou que “não há dogmas no processo de transformação organizacional”. “Se preciso, vamos buscar executivos com novas visões e perspectivas de trabalho para contribuir. É um caminho na jornada de transformação da organização”.

Desde a nomeação de Marcelo Noronha como CEO, o Bradesco tem sinalizado uma abertura para revisar suas práticas. No último mês, ao apresentar os resultados financeiros de 2023 e o novo plano estratégico do banco, desenvolvido com o apoio da consultoria McKinsey, Noronha informou sobre a futura contratação de um vice-presidente de fora da empresa. Este profissional será responsável pela recém-criada unidade de negócios digitais e possivelmente pela área de recursos humanos, com a expectativa de que seja uma mulher.

Noronha revelou que o banco reduziu o número de diretores, de uma faixa anterior de 83 a 108 para 60 a 100. Essa redução visa facilitar a comunicação e o processo decisório, além de cortar custos. Também foi mencionado que não haverá eliminação do cargo de diretor-executivo, mas haverá uma nova política de promoções internas.

Além disso, o banco criou divisões focadas nas operações cotidianas e na inovação digital, e introduziu o cargo de diretor de transformação, ocupado por Cassiano Scarpelli. A AGO também deliberou sobre a incorporação da Bradesco Asset, destacando que essa ação busca otimizar a estrutura organizacional do Bradesco sem afetar o relacionamento com os clientes ou a gestão de ativos.

A Bradesco Asset, com mais de 80 anos de história e R$ 666,4 bilhões em ativos, é a terceira maior gestora de recursos do país.

Receba as últimas notícias do Economic News Brasil no seu WhatsApp e esteja sempre atualizado! Basta acessar o nosso canal: CLIQUE AQUI!

conteúdo patrocinado

MAIS LIDAS

conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado