Pesquisar
Close this search box.

Inovação e lucro: fique de olho na indústria da música em 2024

Tendências da indústria da música em 2024. (Foto: Wendy Wei/Pexels)
Tendências da indústria da música em 2024. (Foto: Wendy Wei/Pexels)

O ano de 2024 foi marcante para a indústria da música, destacando-se pela adoção de novas tecnologias e abordagens inovadoras no pagamento de artistas. A Atlantic Records, por exemplo, elevou a produção musical ao trabalhar de perto com produtores de renome e o diretor do filme “Barbie”, criando uma trilha sonora que dominou as paradas de sucesso.

Promovendo a audiência e a experiência

A TuneCore introduziu ferramentas automatizadas para auxiliar artistas a alcançarem um público maior, enquanto a Feed.fm utilizou sua tecnologia de recomendação e biblioteca musical para enriquecer a experiência em aplicativos de fitness e serviços de fisioterapia. Essas inovações refletem o esforço em conectar a música aos ouvintes de maneiras únicas e engajadoras.

A revolução dos royalties na indústria da música

A questão dos royalties experimentou transformações, com plataformas como a Deezer e o SoundCloud repensando suas estratégias de pagamento aos artistas. A Deezer, em colaboração com a UMG, implementou um sistema que aumenta os royalties para músicas que superam um limiar de audiência. Simultaneamente, o SoundCloud expandiu seu modelo de royalties baseados em fãs, permitindo que artistas sejam remunerados proporcionalmente ao tempo que os usuários passam ouvindo suas músicas.

Impacto da IA na criação musical

O papel da Inteligência Artificial (IA) na música ganhou destaque, com a Universal Music Group (UMG) explorando o uso ético da IA na arte. A CreateSafe, colaborando com Grimes na plataforma Elf.Tech, apresentou uma forma responsável de empregar vocais de IA generativa, protegendo os direitos e royalties dos artistas.

Influência além da música

Empresas não estritamente ligadas ao setor musical também contribuíram significativamente para a indústria. A Holoplot, por exemplo, inovou com tecnologia de áudio para eventos ao vivo, como o Sphere em Las Vegas e o festival Starlite Occident na Espanha. A Creem, uma revista de música revitalizada, adotou uma estratégia única ao optar por publicações trimestrais, enriquecendo o cenário midiático musical.

Adaptando-se à diversidade musical

A Recording Academy fez esforços para alinhar os prêmios Grammy com a diversidade musical atual, introduzindo novas categorias e, consequentemente, atraindo uma audiência maior para a cerimônia de premiação. Esse movimento reflete uma tendência de reconhecimento e inclusão mais amplos dentro da indústria.

Receba as últimas notícias do Economic News Brasil no seu WhatsApp e esteja sempre atualizado! Basta acessar o nosso canal: CLIQUE AQUI!

conteúdo patrocinado

MAIS LIDAS

conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado