Pesquisar
Close this search box.
conteúdo patrocinado

Sistema de pagamento do Governo Federal foi invadido, saiba mais

governo federal
(Foto: Pixabay/Pexels)

O sistema de administração financeira do Governo Federal, conhecido como Siafi, enfrentou uma grave ameaça de segurança em abril, quando invasores acessaram ilegalmente o sistema. Esse ataque não apenas comprometeu a integridade do Siafi, mas também levantou suspeitas de possível desvio de recursos da União.

Investigação em andamento

A gravidade do incidente mobilizou a Polícia Federal e a Agência Brasileira de Inteligência (Abin), que agora trabalham conjuntamente para rastrear os responsáveis pelo ataque. As investigações estão em curso, com esforços concentrados no rastreamento digital dos invasores e na análise das movimentações financeiras suspeitas.

Medidas de contenção e segurança

Em resposta ao incidente, o Tesouro Nacional, órgão responsável pela gestão do Siafi, implementou imediatamente medidas adicionais de segurança. O objetivo é reforçar a autenticação dos usuários habilitados, assegurando que apenas indivíduos autorizados possam efetuar operações financeiras.

conteúdo patrocinado

Apurações preliminares

De acordo com as apurações preliminares, uma das tentativas de invasão se deu no início de abril por meio do uso não autorizado de acessos pertencentes a gestores da Câmara dos Deputados. A fraude foi detectada porque o CPF do gestor utilizado para tentar emitir uma ordem bancária por meio do Pix (OB Pix) era o mesmo de quem fez a liquidação da despesa. Nas regras de administração financeira federal, a liquidação e o pagamento precisam ser autorizados por gestores distintos.

Prevenção de futuras invasões 

Além das medidas imediatas, estão sendo discutidas reformulações mais profundas na segurança do Siafi, para prevenir futuras invasões. Essas mudanças são fundamentais para restaurar a confiança no sistema que gerencia recursos federais.

As autoridades continuam investigando o caso, com o intuito de identificar todos os envolvidos e recuperar quaisquer fundos desviados. Enquanto isso, o governo federal e os órgãos de segurança estão em alerta para proteger contra novas tentativas de ataques.

Sistema já foi alvo de tentativa em 2021

O Siafi já havia sido alvo de uma tentativa de invasão em 2021. Na época, o então Ministério da Economia informou que medidas de contenção foram imediatamente aplicadas pela Polícia Federal e que não houve danos ao sistema. A invasão na ocasião foi do tipo “ransomware”. Nessa modalidade de ação, dados da instituição atacada são coletados e pode haver bloqueio do sistema. Em seguida, os criminosos fazem cobrança de uma espécie de resgate, com pedido de pagamento que pode ser em moedas digitais.

conteúdo patrocinado

MAIS LIDAS

conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado