Pesquisar
Close this search box.
conteúdo patrocinado

Marisa tem prejuízo ajustado de R$ 101,3 milhões no 4T23

prejuízo da Marisa
(Foto: Marisa/Divulgação)

A Marisa Lojas (AMAR3) conseguiu uma redução notável em seu prejuízo no quarto trimestre de 2023. O prejuízo líquido ajustado foi de R$ 101,3 milhões, marcando uma diminuição de 51,8% em comparação com o mesmo período do ano anterior, quando o prejuízo alcançou R$ 210,1 milhões. Esta melhoria é um reflexo dos esforços contínuos da empresa em sua reestruturação ao longo de 2023.

Ebitda do varejo e impactos operacionais

O Ebitda do varejo, em uma base pró-forma, também apresentou mudanças, ficando negativo em R$ 22 milhões contra R$ 23,834 milhões do ano anterior. Este resultado foi influenciado por ajustes nas despesas operacionais, como o provisionamento para passivos tributários e alterações no programa de benefícios.

Receita líquida e redução de dívida

A receita líquida do varejo da Marisa registrou uma queda de 41,4% no trimestre, somando R$ 409,384 milhões. A receita líquida consolidada também diminuiu, fechando em R$ 417,413 milhões, o que representa uma redução de 43,5% em relação ao mesmo período de 2022.

conteúdo patrocinado

Por outro lado, a dívida líquida da companhia teve uma redução de 55,9%, equivalente a R$ 91,8 milhões, resultando em uma dívida de R$ 72,4 milhões ao final do ano. Essa melhora se deve principalmente à amortização de passivos com o auxílio de um empréstimo do Banco BTG Pactual.

Melhoria no resultado financeiro

O resultado financeiro líquido da Marisa também mostrou uma reviravolta, encerrando o trimestre com um saldo positivo de R$ 6,2 milhões. Esse resultado é uma melhora considerável em relação ao prejuízo de R$ 51,9 milhões registrado no mesmo período do ano anterior da Marisa. A redução da taxa Selic e o menor nível de dívida bruta foram fatores fundamentais para este avanço.

Queda nas vendas

A empresa enfrentou uma queda de 28% nas vendas do quarto trimestre comparado ao mesmo período de 2022. A dificuldade na recomposição dos estoques foi um dos principais fatores impactantes, conforme detalhado na prévia dos resultados financeiros da empresa. Este obstáculo contribuiu para a queda das vendas, revelando os desafios operacionais enfrentados pela companhia

conteúdo patrocinado

MAIS LIDAS

conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado