Publicidade
Publicidade
X
Publicidade
X

ETFs de ether aprovados: o que isso quer dizer para investidores?

Inovação no mercado de criptomoedas

ETFs de ether
(Foto: Viktor Forgacs/Unsplash).

A Comissão de Valores Mobiliários dos EUA (SEC) aprovou a listagem de ETFs baseados no preço à vista do ether. Isso ocorreu na última quinta-feira e marca um grande passo para o acesso regulado à criptomoeda.

De forma inesperada, a SEC adotou uma postura mais flexível em relação ao ether. Gary Gensler, presidente da SEC, anteriormente sugeriu que o ether poderia ser considerado um valor mobiliário. Apesar disso, a decisão recente permite a listagem de oito fundos, com requisitos de registro ainda pendentes por parte de entidades como Blackrock e Fidelity.

Os novos ETFs de ether se juntarão aos ETFs de bitcoin que já estão em operação. Esses fundos representam uma parte considerável do mercado de criptomoedas, facilitando o acesso dos investidores a esses ativos.

Publicidade

 

Greg Mortiz, diretor operacional do fundo de hedge de criptomoedas da Alt Tab Capital, comentou que a aprovação é um avanço para investidores globalmente. Ele apontou para a alta demanda por ativos digitais e para a expansão de produtos financeiros que atendem a essa necessidade.

Perspectiva futura e regulamentação

O cenário regulatório dos EUA está se adaptando, com novas leis propostas que poderiam definir melhor o tratamento de criptomoedas como ativos digitais. A aprovação dos ETFs de ether sugere uma abertura para futuras aprovações de outros produtos similares.

A decisão da SEC pode ser um marco para a maior aceitação das criptomoedas no mercado financeiro tradicional. Isso demonstra um movimento gradual de aceitação e integração desses ativos inovadores no sistema financeiro global.

Em resumo, essas mudanças mostram a transformação contínua no mercado de criptomoedas e as possibilidades emergentes para investidores e reguladores. Com esses avanços, portanto, o ether e outras criptomoedas podem se tornar mais acessíveis e comumente aceitos como parte de portfólios de investimento diversificados.

conteúdo patrocinado

MAIS LIDAS

conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado