Publicidade
Publicidade
X
Publicidade
X

ConocoPhillips adquire Marathon Oil: o que você precisa saber

Aquisição fortalece setor petrolífero nos EUA

ConocoPhillips adquire Marathon Oil. (Foto: Divulgação/ConocoPhillips)
ConocoPhillips adquire Marathon Oil. (Foto: Divulgação/ConocoPhillips)

Em uma transação recente, a ConocoPhillips anunciou a compra da Marathon Oil por US$ 22,5 bilhões. Este acordo inclui US$ 5,4 bilhões em dívidas e é pago integralmente em ações.

A aquisição, divulgada ontem (29), oferece um prêmio de 14,7% sobre o preço de fechamento das ações da Marathon Oil, que foi de US$ 26,45. Com essa compra, a ConocoPhillips espera aumentar seu lucro, fluxo de caixa e retorno de capital.

O que é a ConocoPhillips e a Marathon Oil?

A ConocoPhillips é uma das maiores empresas de exploração e produção de petróleo e gás natural do mundo. Fundada em 1875 e com sede em Houston, Texas, a companhia opera em mais de 17 países. Suas atividades incluem a exploração, produção, transporte e comercialização de petróleo bruto, gás natural e líquidos de gás natural. Ademais, com uma forte presença nos Estados Unidos, especialmente nas regiões de xisto, a ConocoPhillips também possui operações em outros continentes, incluindo Ásia, Europa e África.

Publicidade

Por sua vez, a Marathon Oil Corporation é uma empresa independente de exploração e produção de petróleo e gás natural, com sede em Houston, Texas. Nesse sentido, fundada em 1887, a companhia se concentra principalmente em operações onshore nos Estados Unidos, com ativos importantes nas bacias de Eagle Ford, Bakken e Permian. Além de suas operações domésticas, a Marathon Oil também possui participações internacionais, incluindo projetos na Guiné Equatorial. Nesse contexto, a empresa é conhecida por seu foco em tecnologias de ponta para extração eficiente de recursos e por sua capacidade de adaptar-se às mudanças do mercado energético global.

Expansão e sinergia

Ryan Lance, CEO da ConocoPhillips, afirmou que a aquisição fortalecerá as operações da empresa nos campos de xisto dos EUA, além de expandir suas reservas para regiões como a Guiné Equatorial. A empresa projeta sinergias de custos e capital de US$ 500 milhões no primeiro ano após a conclusão do acordo.

Além disso, essa aquisição segue uma série de grandes acordos no setor petrolífero dos EUA. Em outubro, a Chevron comprou a Hess por US$ 53 bilhões, enquanto a ExxonMobil adquiriu a Pioneer Natural Resources por US$ 60 bilhões.

Leia também:

Impacto no mercado

Após o anúncio, as ações da ConocoPhillips caíram 2,82%, enquanto as da Marathon Oil subiram 9,49%. Analogamente, as ações da Marathon valorizaram-se para US$ 26,45, enquanto as da ConocoPhillips foram avaliadas em US$ 135,2 bilhões.

Histórico de fusões

Nesse contexto, a ConocoPhillips já havia tentado adquirir a Endeavor Energy Resources, mas foi superada pela Diamondback Energy, que anunciou a fusão com a Endeavor por US$ 26 bilhões. Além disso, a ConocoPhillips já adquiriu a Concho Resources por US$ 13 bilhões e ativos da Shell por US$ 9,5 bilhões.

Desempenho financeiro no 1T24

Por fim, no primeiro trimestre de 2024, a ConocoPhillips registrou um lucro líquido de US$ 2,6 bilhões, com produção de 1,902 milhão de barris de óleo equivalente por dia. Além disso, empresa também anunciou um dividendo trimestral de US$ 0,58 por ação.

Leia também:

conteúdo patrocinado

MAIS LIDAS

conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado