Pesquisar
Close this search box.
Publicidade
Publicidade
X
Publicidade
X

Parceria verde: usina solar da Elétron Energy e Kroma Energia no Recife

Kroma Energia é pioneira na comercialização de energia no Nordeste

Usina solar no Recife, inaugurada em janeiro de 2024. (Foto: Divulgação/Kroma Energia)
Usina solar no Recife, inaugurada em janeiro de 2024. (Foto: Divulgação/Kroma Energia)

A Kroma Energia e a Elétron Energy têm formado uma parceria para desenvolver soluções inovadoras em energia solar, fonte renovável que atrai interesse de diversos setores econômicos. Nesse contexto, as empresas recentemente concluíram a instalação de uma usina solar no estacionamento da sede da Companhia Pernambucana de Saneamento (Compesa) no Recife.

“O projeto é um modelo de carport, ou seja, uma solução para abrigar veículos que utiliza módulos fotovoltaicos no lugar de um telhado convencional para captar energia solar”, explica Rodrigo Mello, CEO da Kroma Energia.

Usina solar no Recife

A iniciativa faz parte de uma Parceria Público-Privada (PPP) entre a Kroma Energia, a Elétron Energy e a Companhia Pernambucana de Saneamento (Compesa). Com mais de 600 módulos fotovoltaicos instalados em uma área de 1.600 m² no estacionamento da sede da Compesa, a usina solar tem uma capacidade instalada de aproximadamente 217 kWp.

Vista Aérea do Carport desenvolvido pela Kroma Energia e pela Elétron Energy no estacionamento da sede da Companhia Pernambucana de Saneamento – COMPESA. (Foto: Reprodução/Arquivo Kroma Energia)
Vista Aérea do Carport desenvolvido pela Kroma Energia e pela Elétron Energy no estacionamento da sede da Companhia Pernambucana de Saneamento – COMPESA. (Foto: Reprodução/Arquivo Kroma Energia)

“Isso evitará a emissão de mais de 57 toneladas de CO2 por ano, o equivalente ao plantio de mais de 2.600 árvores. Os painéis, ao mesmo tempo em que protegem os veículos do sol e da chuva, aproveitam melhor a área, produzindo eletricidade, proporcionando uma grande economia financeira e reduzindo as emissões de dióxido de carbono no meio ambiente. Esse é o poder da energia renovável”, continua Mello.

Publicidade
Vista Aérea do Carport desenvolvido pela Kroma Energia e pela Elétron Energy no estacionamento da sede da Companhia Pernambucana de Saneamento – COMPESA. (Foto: Reprodução/Arquivo Kroma Energia)
Vista Aérea do Carport desenvolvido pela Kroma Energia e pela Elétron Energy no estacionamento da sede da Companhia Pernambucana de Saneamento – COMPESA. (Foto: Reprodução/Arquivo Kroma Energia)

Projeto de energia solar no sertão

Além disso, em janeiro deste ano, as empresas parceiras entregaram o Parque Solar da Compesa em Flores, no Sertão do Pajeú. Este projeto, com investimento de R$ 355 milhões, tem capacidade de 101 MWp. Juntamente a isso, gera 199 GWh anualmente. Desse modo, a usina solar abastece unidades da Compesa com energia limpa, beneficiando cerca de 109 mil residências.

Leia também:

Histórico das empresas

Fundada em 2008, a Kroma Energia é uma empresa pernambucana pioneira na comercialização de energia no Nordeste. Nesse sentido, a empresa se dedica ao desenvolvimento de projetos de geração e à comercialização de energia, sendo um agente da Câmara de Comercialização de Energia Elétrica (CCEE) e membro da Associação Brasileira dos Agentes Comercializadores de Energia Elétrica (Abraceel). Além disso, em 2018, desenvolveu um parque solar no Ceará em 2018, localizado na Serra do Apodi.

Por sua vez, a Elétron Energy, criada em 2012, oferece um ecossistema de soluções em energia. Nesse contexto, possui sede em Recife e filiais em seis capitais brasileiras. Em 2019, alcançou a posição de 2ª melhor empresa de Energia Elétrica do Brasil em 2019. Ademais, a Elétron Energy foi eleita em 2019 a segunda melhor empresa de Energia Elétrica do Brasil e integrou o fundo de investimentos americano Alothon Group LLC.

Leia também:

conteúdo patrocinado

MAIS LIDAS

conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado