Um Olhar Sobre as Profissões com Roberto Marinho

Neste domingo, 12 de dezembro, o quadro Um Olhar Sobre as Profissões entrevista Roberto Marinho, engenheiro civil, presidente da RMA2 Engenharia, empresa que atua em construção habitacionais, comerciais e industriais, gerenciamento e acompanhamento de obras, avaliação de imóveis, perícias técnicas, inspeções prediais e serviços de engenharia. Com 30 anos de atuação no mercado, o empreendedor possui experiência no gerenciamento de contratos, administração de empresas, comércio exterior e relações internacionais.

Confira a entrevista concedida ao Economic News Brasil:

Você é formado em Engenharia. Informe qual Engenharia e por que escolheu essa área de atuação.

R: Engenharia Civil. Desde cedo me interessei pelo assunto, no Colégio Lourenço Filho, onde estudei, existia as disciplinas técnicas no currículo e fiz Edificações. Meu Pai trabalhava na Construtora Marquise e eu andava bastante lá, daí o gosto e a escolha. Tanto que meu primeiro estágio foi na Marquise e já no terceiro semestre da Engenharia.

Quais os maiores desafios de empreender, levando em consideração as instabilidades do mercado?

R: Entendo que empreender é um desejo de muitos e um grande desafio, especialmente no nosso país que pouco incentiva e treina o empreendedor. Temos dificuldade de planejar, não aprendemos na escola noções de planejamento, finanças, tributos, marketing… isso potencializa os obstáculos e aumenta o desafio. Mas, muitos vencem!

Qual é a importância da sua área de atuação para a economia do país?

R: A Engenharia, seja na Construção Civil, Energias Renováveis, diversos serviços como Avaliação de Imóveis, Vistorias Técnicas, Perícias entre outras tantas, está diretamente relacionada à Economia dos Países. Geram empregos, movimentam a economia. É muito capilar pois vai dos Operários, Técnicos, Engenheiros, Construtoras, Imobiliárias, Comércio, Bancos, enfim é uma cadeia gigante que faz girar a roda do desenvolvimento.

A sua empresa atua na construção e revitalização de residências e prédios. Como é, para você, transformar o sonho das pessoas em realidade?

R: É muito satisfatório ver que o investimento das pessoas, a poupança, os sonhos se materializam quando entregamos uma obra, seja uma construção nova ou a revitalização.
Atualmente estamos também atuando no segmento de Inspeção Predial com as vistorias e com as obras necessárias e assim, podemos devolver a segurança e estabilidade de uma edificação que apresentava problemas e depois da recuperação, volta a ter as características estruturais da concepção do projeto.

A energia solar tem sido um viés de atuação da sua empresa. Comente sobre essa fonte de energia e os benefícios que ela traz para os consumidores.

R: Sim, a Energia Solar é uma realidade e um futuro, já que ainda temos poucas usinas solares instaladas. Para além do beneficio da sustentabilidade com uma fonte de energia renovável e não poluidora, temos uma expressiva economia de cerca de 95% no valor da conta paga antes da Usina Solar. Estamos com parcerias fortes e fazendo a integração entre clientes, concessionária, bancos para o financiamento, indústrias e com isso podemos atender o cliente desde a prospecção de venda até o pós-venda , agindo nas interfaces do projeto e tornando o custo benefício muito mais atrativo, sem dúvidas, sem “letras miúdas”, sem pegadinhas. Além da economia diretamente na conta, a energia produzida e não consumida, fica à disposição por até 5 anos, para usar quando consumir mais que produzir e tudo isso automaticamente.

Qual conselho você dá para os jovens engenheiros que pretendem investir no empreendedorismo?

R: Estudar o setor, procurar o máximo de informações, conversar com empreendedores de áreas afins, estagiar ou trabalhar em empresas do segmento, mas sempre com ética e jogo aberto. Quem sabe não se torna parceiro desta empresa e assim decolar mais rápido? O Empreendedor deve estar antenado no mercado, na digitalização, na Internet das coisas e se atualizar sempre!

Existe alguma história sua interessante durante os anos de experiência da profissão, algo peculiar ou memorável que queira compartilhar com os leitores do ENB?

R: Certa vez, eu estava querendo ir aos Estados Unidos ficar uma temporada estudando os métodos construtivos de lá, o que poderia adaptar aqui e iniciar um novo negócio. Como fonte de renda para me manter lá pensei em representar uma indústria de Granitos do Ceará e fui em busca, depois de várias reuniões com o CEO da empresa, fui contratado para fazer uma reestruturação na empresa e acabei ficando. Foi uma experiência fantástica, resultado muito bom até que apareceu um interesse enorme pelo Comércio Exterior, por conta do que desenvolvemos na Empresa de Granitos, aí parti pra o COMEX e lá fiquei por longos 14 anos até retornar pra Engenharia.

Aproveito pra lembrar que o Engenheiro é por natureza um administrador de obras e de negócios, está na grade curricular e nas atividades. Com o raciocínio lógico, é instado o tempo todo a tomar decisões e isso faz com que o leque de oportunidades cresça.

Quais foram suas principais conquistas nos últimos anos? Quais os projetos em andamento?

R: Nos últimos anos conseguimos restaurar e devolver a estabilidade a 4 prédios em Fortaleza, melhorando a qualidade de vida das pessoas. Também instalamos diversas usinas solares e nos preparamos para um crescimento considerável ano que vem.

Onde você vê a sua empresa a curto, médio e longo prazo? Tem projetos ousados para o futuro?

R: Tenho foco no TOP 10 empresas de Energia Solar ano que vem, no TOP 5 no ano seguinte e em menos de 3 anos na liderança no Estado do Ceará, para Usinas Solares Residenciais e Comerciais. Na Construção queremos continuar a Restaurar Estruturas de Edifícios e partir também pra restauração de imóveis antigos, para devolver ao Estado prédios magníficos que hoje estão abandonados e em estado de degradação.

Como resumiria sua trajetória profissional em uma frase?

R: Sem medo de Empreender e buscar a realização profissional

Quer deixar alguma mensagem para os leitores do ENB?

R: Tem um sonho? Vá atrás, mas se prepare com conhecimento, financeiramente, tecnicamente. Não se desespere, não meta os pés pelas mãos, mas não paralise ante às dificuldades. Nosso país é hostil aos empreendedores, mas com determinação isso conta a seu favor, pois será imbatível. Se prepare e Vá a luta!!

Receba as últimas notícias do Economic News Brasil no seu WhatsApp e esteja sempre atualizado! Basta acessar o nosso canal: CLIQUE AQUI!

conteúdo patrocinado

MAIS LIDAS

conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado