Pesquisar
Close this search box.
conteúdo patrocinado

Lucro do Goldman Sachs tem queda de 69% no 4T22

Foto: Divulgação

O Goldman Sachs divulgou um lucro líquido de US$ 1,2 bilhão para o último trimestre de 2022, marcando uma expressiva queda de 69% em comparação ao mesmo período do ano anterior. Este resultado reflete um período desafiador para o setor de consultoria e gestão de patrimônio, amplamente impactado pela cautela dos executivos em meio a uma atmosfera de incerteza econômica.

Receita em Declínio

O banco enfrentou um declínio significativo no faturamento, que caiu 16% para US$ 10,6 bilhões. As atividades centrais como fusões e aquisições, ofertas públicas iniciais (IPOs), e captação de recursos sofreram uma redução notável de 48% em sua contribuição para a receita. Este cenário não foi exclusivo do Goldman Sachs, pois outras grandes instituições financeiras americanas registraram tendências semelhantes.

Comparação com Outros Bancos

Instituições como o Citigroup e o JPMorgan Chase também foram afetadas por este ambiente econômico volátil. O Citigroup viu as comissões dos banqueiros de investimento caírem 58%, enquanto o JPMorgan Chase experimentou uma queda de 57%. Essas estatísticas evidenciam uma tendência setorial, sublinhando os desafios enfrentados pelo setor bancário de investimento como um todo durante este período de incerteza econômica.

conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado

A reestruturação do mercado e a prudência dos investidores e executivos ditaram o desempenho financeiro desses gigantes bancários no último trimestre de 2022, enfatizando a necessidade de adaptação às flutuações econômicas. O caso do Goldman Sachs serve como um indicador primário das condições de mercado e dos desafios iminentes que o setor financeiro pode enfrentar em um futuro próximo.

Receba as últimas notícias do Economic News Brasil no seu WhatsApp e esteja sempre atualizado! Basta acessar o nosso canal: CLIQUE AQUI!

conteúdo patrocinado

MAIS LIDAS

conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado