Pesquisar
Close this search box.
Publicidade
Publicidade
X
Publicidade
X

Brasil projeta safra recorde de milho em 2022/23 com novo aumento nas estimativas

(Foto: Livier Garcia/Pexels)

As perspectivas para a segunda safra de milho no Brasil estão cada vez mais positivas, com uma nova revisão para cima nas estimativas. De acordo com dados divulgados pela consultoria StoneX, a produção total do país em 2022/23 é estimada em um recorde de 133,75 milhões de toneladas, um aumento de mais de 2 milhões de toneladas em relação à previsão anterior.

O estado do Mato Grosso se destaca, com estimativa de produção de 50 milhões de toneladas, contribuindo para o resultado acima do esperado em nível nacional. O analista de inteligência de mercado da StoneX, João Pedro Lopes, ressaltou que as perspectivas favoráveis para o rendimento no Mato Grosso impulsionaram esse aumento.

A segunda safra de milho, conhecida como safrinha, agora está estimada em 102,9 milhões de toneladas, em comparação com os 100,8 milhões de toneladas da estimativa anterior, representando um aumento de 8,5% em relação ao ciclo passado.

Publicidade

A consultoria também manteve suas projeções de consumo doméstico em 81 milhões de toneladas e de exportações em 48 milhões de toneladas, ambos volumes recordes.

Com o aumento da oferta de milho no Brasil, os estoques finais esperados também aumentaram, chegando a 16,23 milhões de toneladas, e a relação estoque/uso subiu para 12,6%, conforme destacou o analista.

Esses números refletem a força e a produtividade do setor de milho no país, consolidando o Brasil como um dos principais produtores e exportadores mundiais do grão. A expectativa de safra recorde traz otimismo para o setor agrícola e fortalece a posição do Brasil como um importante fornecedor global de milho.

conteúdo patrocinado

MAIS LIDAS

MAIS LIDAS

conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado