Pesquisar
Close this search box.
Publicidade
Publicidade
X
Publicidade
X

Copom mantém taxa básica de juros em 13,75% em sua quarta reunião do ano

Imagem: Freepik

O Comitê de Política Monetária (Copom) do Banco Central realizou sua quarta (21/06) reunião do ano e decidiu manter a taxa básica de juros, conhecida como Selic, em 13,75%. Essa decisão tem sido objeto de críticas frequentes por parte do presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) e ministros do governo. A expectativa do mercado financeiro era de que essa reunião marcaria a última vez que a taxa seria mantida nesse patamar, com a possibilidade de cortes a partir de agosto, atribuídos à alta da inflação.

Desenvolvimento

A decisão de manter a Selic em 13,75% é a mais alta desde o reajuste estabelecido em dezembro de 2016 até 11 de janeiro de 2017, quando também atingiu esse valor. A última vez em que a taxa foi superior a essa foi no período de 19 de outubro de 2016 a 30 de novembro de 2016, quando chegou a 14% ao ano.

Publicidade

A manutenção da taxa básica de juros em 13,75% tem sido motivo de discordância entre o Copom e o presidente Lula, além de gerar críticas de ministros do governo. Esperava-se que o Banco Central iniciasse um ciclo de cortes a partir de agosto, reduzindo a Selic para 13,50% ao ano, conforme previsão de economistas das instituições financeiras.

O Copom optou por manter a Selic em 13,75% na sua quarta reunião do ano, apesar das expectativas de corte vindouras. Essa decisão tem gerado debates e críticas por parte do presidente Lula e ministros do governo. O mercado financeiro aguarda as próximas reuniões do Copom para avaliar possíveis movimentos na taxa básica de juros, com a perspectiva de um ciclo de cortes a partir de agosto.

conteúdo patrocinado

MAIS LIDAS

conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado