Pesquisar
Close this search box.
Publicidade
Publicidade
Publicidade

Ações da Renner se recuperam após queda

Foto: Divulgação

As ações da Lojas Renner (LREN3) estão reagindo timidamente em resposta à entrada da gigante chinesa Shein no programa Remessa Conforme.  As ações encerraram a quarta-feira cotadas a R$14,66 e foram um dos destaques do dia em termos de negociações e sustentaram uma alta de 0,34%.

A concorrência chinesa

Após o anúncio da Shein,  as preocupações em torno dos preços e da competição no varejo brasileiro aumentaram. Um relatório do Bradesco BBI analisou a situação e concluiu que as perspectivas para a Lojas Renner e outros varejistas nacionais não são totalmente positivas.

A Shein comprometeu-se a oferecer “entregas mais rápidas e assumir parte das despesas dos consumidores” como parte do programa Remessa Conforme. O BBI monitorou os preços dos produtos da empresa chinesa e avaliou a conformidade com as regras do programa. A análise incluiu cerca de 600 produtos para verificar as mudanças nos preços antes e depois da entrada da Shein no programa.

Publicidade

Os preços dos principais itens de vestuário feminino estariam de acordo com as diretrizes do Remessa Conforme, mesmo com um imposto de IVA de 17%. A comparação dos preços entre a semana passada e terça-feira revelou uma estabilidade no tíquete médio em quatro categorias.

A princípio, esse aumento poderia sugerir que a Shein estava absorvendo parcialmente a nova carga tributária, o que iria contra as regras do programa. No entanto, uma análise mais detalhada do BBI destacou que não houve mudanças significativas nos preços “like-for-like”. Isso indica que a Shein está cumprindo as diretrizes do Remessa Conforme. Possivelmente, o aumento nos preços médios é resultado de uma reorganização nas categorias de produtos., o que não impactaria significativamente as margens da empresa.

Cenário alarmante

Embora as ações da Renner estejam reagindo, a expectativa é que a competição no mercado de varejo continue intensa. O cenário a médio e longo prazo ainda é incerto, especialmente em relação à capacidade da Shein de manter seu compromisso com o programa.

O BBI mantém uma postura cautelosa em relação ao setor de vestuário, considerando que as ações podem ser influenciadas por eventos e manchetes futuras. O cenário competitivo no setor de varejo permanece desafiador, com reformas fiscais e o crescimento do comércio eletrônico exercendo pressão sobre as empresas do setor. O aumento no número de pacotes internacionais e a igualdade fiscal entre empresas locais e internacionais também contribuem para a incerteza do mercado.

conteúdo patrocinado

MAIS LIDAS

conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado