Pesquisar
Close this search box.
conteúdo patrocinado

Mercado Financeiro: Dólar em alta e ações dos bancos impactadas

mercado financeiro hoje
(Foto: David McBee/Pexels)

Nesta terça-feira (9/1), no mercado financeiro o Dólar Comercial aumentou 0,69%, sendo negociado a R$ 4,904, enquanto o Euro teve alta de 0,38%, alcançando R$ 5,359. Outras moedas também mostraram mudanças: o Dólar Turismo cresceu 0,43%, cotado a R$ 5,097; a Libra subiu 0,54%, chegando a R$ 6,237; e o Peso Argentino aumentou 0,58%, valendo R$ 0,006. No campo das criptomoedas, o Bitcoin registrou um leve crescimento de 0,03%, sendo avaliado em R$ 229.643,203.

O Ibovespa fechou em queda de 0,74%, influenciado principalmente pelas ações de bancos e mineradoras. Esta queda levou o índice a 131.446,59 pontos. O Bradesco (BBDC3; BBDC4) sofreu um impacto significativo após o Goldman Sachs rebaixar sua recomendação de neutra para venda. O preço-alvo também foi ajustado de R$ 14,7 para R$ 16, resultando em uma queda acima de 2% nas ações do banco. Este rebaixamento teve um efeito cascata, afetando negativamente outros grandes bancos como o Banco do Brasil (BBAS3) e o Itaú (ITUB4), além do Índice Financeiro (IFNC), que recuou 1,30%.

As ações de mineradoras também apresentaram um desempenho negativo, seguindo a queda de 0,25% no minério de ferro, que fechou cotado a US$ 138,92 por tonelada em Dalian, China. A Vale (VALE3), uma das principais influências no Ibovespa, teve uma redução de 1,27% em seu valor. Enquanto isso, a Gerdau (GGBR4) registrou a maior queda do índice, com uma diminuição de 5,22% em suas ações.

conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado

Confira o movimento no mercado de ações:

+Altas

  1. LWSA3.SA – Locaweb: +5,52%, R$ 6,12
  2. RRRP3.SA – 3R Petroleum: +4,2%, R$ 28,52
  3. TRPL4.SA – Transmissão Paulista: +2,57%, R$ 26,74
  4. CVCB3.SA – CVC Brasil: +2,41%, R$ 3,40
  5. MGLU3.SA – Magazine Luiza: +2,39%, R$ 2,14

+Baixas

  1. GGBR4.SA – Gerdau: -5,22%, R$ 22,14
  2. GOAU4.SA – Metalúrgica Gerdau: -4,58%, R$ 10,20
  3. CSNA3.SA – CSN: -4,47%, R$ 18,39
  4. PCAR3.SA – Grupo Pão de Açúcar: -4,16%, R$ 3,92
  5. CIEL3.SA – Cielo: -4,02%, R$ 4,77

Japão lidera alta nos mercados asiáticos

Os mercados de ações asiáticos apresentaram um desempenho variado nesta terça-feira (9). O índice Nikkei do Japão alcançou uma elevação de 1,16%, atingindo o seu nível mais alto em 33 anos, marcando 33.763,18 pontos. A inflação de Tóquio desacelerou para 2,4% em dezembro, ante 2,6% no mês anterior.

Bolsa Europeia termina em baixa nesta terça-feira

Nesta terça-feira, (9), as bolsas europeias fecharam em queda devido à incerteza sobre a capacidade das principais economias da região de alcançarem um pouso suave, que implica controlar a inflação sem prejudicar a atividade econômica. A produção industrial da Alemanha também teve uma inesperada queda de 0,7% em novembro em relação a outubro. Em resposta a esse cenário, o índice DAX de Frankfurt registrou uma queda de 0,17%, encerrando o dia com 16.688,36 pontos, e as ações dos bancos tiveram um desempenho negativo nos negócios alemães.

Banco BMG inicia recompra de ações

Banco BMG (BMGB4) anunciou recentemente um movimento estratégico no mercado de ações. Em um comunicado emitido na última sexta-feira, o banco revelou que seu conselho de administração aprovou um novo programa de recompra de ações. Este programa é notável por sua escala: planeja recomprar até 13,273 milhões de ações preferenciais, o que corresponde a aproximadamente 10% dos papéis em circulação. Esta decisão não acarreta redução do capital social da empresa.

Bitcoin supera US$ 47 Mil: ETFs nos EUA em foco

O Bitcoin, a principal criptomoeda do mercado, atingiu mais de US$ 47 mil, marcando uma alta significativa. Esse avanço acontece em meio à expectativa de aprovação dos primeiros ETFs de Bitcoin à vista pelos reguladores dos Estados Unidos. Apesar de um leve recuo para US$ 46.604, o Bitcoin mantém uma valorização de mais de 6% nas últimas 24 horas e um aumento de 170% no último ano.

‘Tese do século’ compensa quase R$ 300 bilhões em impostos

A Receita Federal do Brasil revelou que, entre 2019 e agosto do ano passado, empresas utilizaram aproximadamente R$ 292 bilhões em créditos tributários provenientes da chamada “tese do século” para deduzir impostos. O Ministério da Fazenda destaca este valor como justificativa para restringir o uso de créditos de decisões judiciais em compensações. Uma medida que tem enfrentado críticas de especialistas em tributação, preocupados com possíveis litígios devido à “limitação de um direito”.

Investimentos em FIIs: melhores escolhas para janeiro

O início de um novo ano traz oportunidades de investimento renovadas, e os fundos imobiliários (FIIs) estão no centro das atenções. De acordo com um recente levantamento da CNN, os FIIs Kinea Renda Imobiliários (KNCR11) e RBR Rendimento High Grade (RBRR11) emergem como as principais recomendações para investidores em janeiro.

Cesta básica: preço cai em 15 capitais do Brasil

Em 2023, a cesta básica teve uma queda de preço em 15 capitais brasileiras, conforme revela a Pesquisa Nacional da Cesta Básica de Alimentos do Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (DIEESE). As maiores reduções ocorreram em cidades como:  Campo Grande, Belo Horizonte, Vitória, Goiânia e Natal.

Receba as últimas notícias do Economic News Brasil no seu WhatsApp e esteja sempre atualizado! Basta acessar o nosso canal: CLIQUE AQUI!

conteúdo patrocinado

MAIS LIDAS

conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado