Descubra as mudanças no Mercado Financeiro nesta quarta (24)

mercado financeiro hoje
(Foto: David McBee/Pexels)

Nesta quarta-feira (24), no mercado financeiro, o Dólar Comercial registrou uma queda de 0,47%, sendo negociado a R$ 4,932. O Euro também apresentou leve desvalorização de 0,07%, cotado a R$ 5,370. Em contraste, o Dólar Turismo observou uma redução mais acentuada, caindo 0,82% e fechando a R$ 5,125. Outras moedas estrangeiras, como a Libra e o Peso Argentino, acompanharam a tendência de baixa, com declínios de 0,19% e 0,36%, respectivamente, sendo a Libra cotada a R$ 6,281 e o Peso Argentino a R$ 0,006. Por outro lado, o Bitcoin mostrou um movimento ascendente, com um aumento de 1,75%, avaliado em R$ 197.705,875.

O Ibovespa encerrou a sessão de hoje com uma queda de 0,35%, fechando em 127.815,70 pontos. O volume financeiro totalizou R$ 20,3 bilhões, abaixo da média diária de R$ 23,3 bilhões do mês. Este resultado contribui para uma queda acumulada de 4,75% no Ibovespa no mês. Nos Estados Unidos, o S&P 500 e o Nasdaq fecharam em alta, mas não atingiram suas máximas, enquanto os rendimentos dos títulos do Tesouro norte-americano de 10 anos aumentaram para 4,1781%. A alta nos rendimentos dos Treasuries e a queda das ações da Petrobras (PETR4) impactaram negativamente o mercado acionário brasileiro, que continua influenciado pelos movimentos dos Treasuries.

Confira a movimentação no mercado de ações:

+Altas:

  1. Usiminas (USIM5.SA): Alta de 3,82%, cotada a R$ 8,97.
  2. Marfrig (MRFG3.SA): Aumento de 2,99%, com ação valendo R$ 9,63.
  3. Alpargatas (ALPA4.SA): Crescimento de 2,52%, cotada a R$ 8,54.
  4. CSN Mineração (CMIN3.SA): Ganho de 2,44%, com preço de ação a R$ 6,73.
  5. Gerdau (GGBR4.SA): Elevação de 2,31%, a R$ 21,72 por ação.

+Baixas:

  1. Natura &Co (NTCO3.SA): Queda de 5,38%, cotada a R$ 16,35.
  2. Casas Bahia (BHIA3.SA): Diminuição de 4,5%, com valor de ação a R$ 8,70.
  3. Qualicorp (QUAL3.SA): Redução de 4,21%, cotada a R$ 2,50.
  4. Yduqs (YDUQ3.SA): Declínio de 3,72%, com ação a R$ 20,42.
  5. Raia Drogasil (RADL3.SA): Queda de 3,53%, avaliada a R$ 25,99 por ação.

Shein ameaça liderança da Renner com crescimento em 2023

A Shein, varejista de moda on-line da China, encerrou o ano de 2023 com um faturamento de R$ 10 bilhões, um crescimento de 42,8% em comparação com o ano anterior, quando a receita alcançou R$ 7 bilhões. O relatório divulgado pelo banco BTG Pactual reforça a proximidade da Shein em relação ao maior faturamento do setor no Brasil, alcançado pela Renner, que atingiu a marca de R$ 11,7 bilhões.

Milei enfrenta primeira greve geral na Argentina

A Argentina vive um momento de intensa agitação política nesta quarta-feira (24/01). O presidente Javier Milei, que tomou posse em dezembro, enfrenta a primeira greve geral de seu mandato. A paralisação, iniciada ao meio-dia, é uma resposta às recentes medidas econômicas adotadas pelo governo.

Isenção fiscal em portos custará até R$ 5 bi em cinco anos

O Governo Federal, através do ministro de Portos e Aeroportos, Silvio Costa Filho, anunciou que a prorrogação do Regime Tributário para Incentivo à Modernização e à Ampliação da Estrutura Portuária (Reporto) até 2028 custará entre R$ 4 bilhões e R$ 5 bilhões. Apenas em 2024, o governo deixará de arrecadar cerca de R$ 2 bilhões, com uma expectativa de redução nos anos seguintes. Essa estimativa da isenção fiscal em portos foi apresentada durante a solenidade de prorrogação do regime no Ministério da Fazenda, nesta terça-feira (23/01).

Trump vence em New Hampshire e avança na corrida presidencial

Donald Trump, ex-presidente dos Estados Unidos, venceu as primárias republicanas de New Hampshire, nesta terça (23/01). Ele obteve 54,5% dos votos, superando a ex-embaixadora na ONU, Nikki Haley, que alcançou 43,2%. Esta vitória, somada à vitória em Iowa, fortalece a posição do candidato na corrida à presidência.

A disputa em New Hampshire foi acirrada. Como resultado, ele obteve 163,7 mil votos, contra 129,6 mil de Haley. Além disso, o candidato Ron DeSantis, que já havia desistido, teve uma votação simbólica de pouco mais de 2.000 votos.

Bradesco BBI atualiza perspectivas para ações financeiras

No cenário financeiro atual, com a diminuição das taxas de juros, o Bradesco BBI revisou suas perspectivas para o setor financeiro não-bancário. Esta revisão resultou em uma mudança nas recomendações para as ações da XP e da Stone, duas importantes empresas do setor.

Receba as últimas notícias do Economic News Brasil no seu WhatsApp e esteja sempre atualizado! Basta acessar o nosso canal: CLIQUE AQUI!

conteúdo patrocinado

MAIS LIDAS

conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado