Goldman Sachs avalia perspectivas da BRF

BRF
Foto: Divulgação

O Goldman Sachs divulgou um relatório nesta quarta-feira (24) que apresenta uma análise detalhada das perspectivas para a BRF (BRFS3). Este relatório destaca vários fatores que influenciam a posição da empresa no mercado, incluindo as expectativas de resultados financeiros, o impacto do El Niño e La Niña nos grãos, a superoferta global, a competitividade crescente e as recentes ações da Marfrig (MRFG3).

Resultados Financeiros Esperados

Primeiramente, a BRF tem expectativa de um Ebitda de R$ 1,7 bilhão para o 4T23, um valor acima do previsto, com os resultados finais a serem divulgados em 26 de fevereiro.

Impacto do El Niño e La Niña nos Grãos

O relatório enfatiza a influência do El Niño, particularmente sobre a soja, prevendo uma pressão sobre os rendimentos. Além disso, o La Niña pode trazer riscos adicionais para a produtividade do milho safrinha. A BRF, com um posicionamento leve em grãos, pode enfrentar dificuldades devido a possíveis interrupções na safra brasileira, com uma inflação média de custos potencial de 7% no 2S24.

Superoferta Global e Competitividade

Nos mercados internacionais, espera-se uma superoferta contínua, mesmo com ajustes graduais nos Estados Unidos. A competitividade é outro fator crucial, com a Seara aumentando sua capacidade de processamento. Isso, combinado com uma redução de 1,9% nos preços no Brasil (conforme dados da Nielsen), sugere um mercado cada vez mais competitivo.

Ação da Marfrig na BRF

A Marfrig desempenhou um papel significativo no mercado, adquirindo uma participação incremental de 18% na BRF, culminando no controle total da empresa em dezembro.

Avaliação de Valuation

O Goldman Sachs projeta ainda que, no auge de seu ciclo de lucros, a BRF poderia gerar um rendimento de fluxo de caixa livre de apenas 0,6%, algo baixo para justificar seu atual EV/EBITDA de 7,1x em 12 meses.


Desafio ao Galo

Em suma, este relatório do Goldman Sachs oferece uma visão abrangente dos desafios e oportunidades para a BRF, destacando elementos como o impacto dos fenômenos climáticos nos grãos, a superoferta global, a crescente competitividade no setor e as movimentações estratégicas da Marfrig. Portanto, as projeções para a BRF são fundamentais para entender a dinâmica atual do mercado.

Receba as últimas notícias do Economic News Brasil no seu WhatsApp e esteja sempre atualizado! Basta acessar o nosso canal: CLIQUE AQUI!

conteúdo patrocinado

MAIS LIDAS

conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado