Pesquisar
Close this search box.

Capitais com as maiores taxas de condomínio: qual lidera?

Capitais com as maiores taxas de condomínio: qual lidera?
(Foto: Heron Rossato/Unsplash)

A taxa de condomínio representa uma parcela considerável dos gastos para muitos que reside em apartamentos, seja o imóvel alugado ou próprio. Em um levantamento recente feito pela plataforma imobiliária Loft, foram analisados os valores de condomínio em cinco capitais brasileiras – São Paulo, Rio de Janeiro, Belo Horizonte, Florianópolis, e Porto Alegre. Entre estas, São Paulo se destacou como líder entre as capitais com maiores taxas de condomínio, situando-se em R$ 11,71 por metro quadrado no ano de 2023.

Dinâmica dos valores

Em São Paulo, a despesa com condomínio mostrou um crescimento de 3,9% em janeiro de 2023 comparado ao mesmo mês do ano anterior, situando-se abaixo da inflação acumulada do período, que foi de 4,51% segundo o IPCA. Apesar de ter o maior valor médio, a capital paulista viu um aumento modesto nos valores de condomínio, indicando um mercado já com preços elevados e com limitado espaço para reajustes.

Por outro lado, Florianópolis registrou o maior aumento percentual entre as capitais estudadas, com uma alta de 11,8%. Esse crescimento expressivo é parcialmente atribuído à valorização dos imóveis na região, um fenômeno observado também em outras cidades litorâneas catarinenses como Balneário Camboriú.

Belo Horizonte e Rio de Janeiro também experimentaram aumentos em seus valores de condomínio, sendo de 6,8% e 5%, respectivamente. Belo Horizonte apresentou o menor valor médio entre as cidades analisadas, com R$ 4,86 por metro quadrado. Em contraste, Porto Alegre teve o menor crescimento no período, com um aumento de 3,3% na taxa média de condomínio.

Taxas por metro quadrado nas capitais pesquisadas:
 

Cidade

 

Taxa do condomínio/m2

 

Variação % jan23-jan24

São Paulo R$ 11.71 3.9%
Rio de Janeiro R$ 11.36 5.0%
Florianópolis R$ 7.78 11.8%
Porto Alegre R$ 6.46 3.3%
Belo Horizonte R$ 4.86 6.8%
Fonte: Loft

Recordes e tendências no mercado

A previsão de novos condomínios em São Paulo aponta para um número recorde em 2024, com a expectativa de inauguração de 818 novas unidades, segundo informações da administradora imobiliária Lello. Esse dado reflete uma quase duplicação em relação ao ano anterior, evidenciando uma tendência de crescimento no mercado imobiliário da cidade.

Condomínios com maiores valores

A Loft também identificou os bairros com as maiores taxas de condomínio por metro quadrado. Destes, sete estão localizados em São Paulo e três no Rio de Janeiro. O Leblon, no Rio, se destaca por ter o maior valor identificado no estudo, alcançando R$ 16,18 por metro quadrado. Neste bairro, a taxa de condomínio para um apartamento de 50 metros quadrados seria de R$ 809, representando um crescimento de 4,8% ao longo de um ano.

Veja a lista completa abaixo das maiores taxas entre bairros:
 

Bairro

 

Cidade

 

Taxa do condomínio/m2

 

Variação % jan23-jan24

Leblon Rio de Janeiro  R$ 16.18 4.8%
Jardim América São Paulo  R$ 15.64 9%
Vila Olímpia São Paulo  R$ 15.63 8%
Vila Nova Conceição São Paulo  R$ 15.59 -6%
Ipanema Rio de Janeiro  R$ 15.53 5.4%
Itaim Bibi São Paulo  R$ 15.38 1%
Moema Pássaros São Paulo  R$ 15.19 4%
Jardim Paulistano São Paulo  R$ 15.06 4%
Barra da Tijuca Rio de Janeiro  R$ 15.02 5.1%
Moema Índios São Paulo  R$ 14.84 5%
Fonte: Loft

Receba as últimas notícias do Economic News Brasil no seu WhatsApp e esteja sempre atualizado! Basta acessar o nosso canal: CLIQUE AQUI!

conteúdo patrocinado

MAIS LIDAS

conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado