Pesquisar
Close this search box.

Porto do Paranaguá retoma atividades após incêndio

Porto do Paranaguá
(Foto: Porto do Paranaguá/Divulgação)

O Porto do Paranaguá, um dos portos mais importantes para o embarque de commodities agrícolas no Brasil, anunciou a retomada das operações nos três berços que tiveram suas atividades suspensas devido a um incêndio. Este incidente, ocorrido na sexta-feira, levou a uma breve pausa nas operações, mas, já no sábado, as atividades foram reiniciadas. A reativação dos embarques no Paranaguá marca um momento importante para a retomada da logística agrícola nacional.

Após o incidente, a administração do porto agiu rapidamente para garantir a segurança e o retorno eficiente das operações. Com os embarques e importações prosseguindo, o compromisso do porto com a continuidade dos serviços essenciais para o comércio exterior brasileiro é de suma importância. A reativação dos embarques no Paranaguá não apenas minimiza o impacto no fluxo de commodities, mas também mostra a força do setor portuário nacional.

A retomada das operações no Porto do Paranaguá foi possível graças ao esforço conjunto de equipes de emergência e manutenção, que trabalharam para assegurar que os berços 212, 213 e 214 voltassem a operar normalmente. Este retorno das atividades portuárias demonstra a eficácia dos planos de contingência e a importância de manter padrões elevados de segurança e manutenção.

Enquanto as operações retomam seu ritmo, a administração do porto já iniciou uma investigação para determinar as causas do incêndio. Este passo visa prevenir futuros incidentes e garantir que o porto continue sendo um ponto chave para o comércio exterior brasileiro. Com o porto em plena atividade, o setor agrícola pode continuar a contar com uma das suas principais vias de exportação, reafirmando a importância do Paranaguá no cenário comercial do país.

Sobre o incêndio

Na tarde da sexta-feira (23), por volta das 16h20, um incêndio atingiu o porto de Paranaguá, mobilizando equipes de bombeiros em uma operação intensa para conter as chamas. O fogo consumiu áreas significativas em uma correia transportadora de uma empresa de grãos no porto, desencadeando uma resposta imediata das autoridades e equipes de resgate. Não houveram vítimas.

Às 18h20, a empresa pública Portos do Paraná, que administra o porto, informou que que o Corpo de Bombeiros e as equipes de emergência do Porto de Paranaguá, do Plano de Ajuda Mútua (PAM), conseguiram controlar o incêndio que atingiu a TC5. Esta é uma das seis correias do Corredor de Exportação no porto, responsável por abastecer o berço 214. Até o momento, as causas do fogo permanecem desconhecidas, conforme informações oficiais.

Os navios nos berços 212 e 213 foram desatracados de maneira preventiva. Os isolamentos nas áreas próximas ao local da ocorrência serão mantidos. As causas do incêndio serão apuradas pelas autoridades competentes“, informa a Portos do Paraná.

Receba as últimas notícias do Economic News Brasil no seu WhatsApp e esteja sempre atualizado! Basta acessar o nosso canal: CLIQUE AQUI!

conteúdo patrocinado

MAIS LIDAS

conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado