Pesquisar
Close this search box.

Quarentena: três mil pessoas afetadas por surto de cólera em cruzeiro

Um cruzeiro da Norwegian Cruise Line que partiu da Cidade do Cabo, na África do Sul, com destino às Ilhas Maurício, enfrentou um revés inesperado devido a um surto de cólera a bordo. Relatos de cerca de 100 passageiros infectados pela doença bacteriana levaram as autoridades a proibirem o cruzeiro de atracar nas Ilhas Maurício. Ao todo, o navio conta com 2.184 passageiros e 1.026 tripulantes a bordo.

Autoridades portuárias das Ilhas Maurício impediram o desembarque do navio, afirmando preocupações com potenciais riscos para a saúde pública. Com isso, cerca de 2 mil passageiros do cruzeiro que deveriam iniciar a jornada em Port Louis foram afetados, assim como outros 2.279 passageiros que teriam embarque programado para uma nova viagem. A decisão resultou em prejuízos financeiros para os passageiros, incluindo perda de voos e reservas de hotéis.

Passageiros a bordo expressaram frustração e tristeza com a situação. Esther Verdaas, uma das viajantes, descreveu o clima entre os passageiros do cruzeiro como irritado e descontente, destacando o impacto emocional da situação.

Carta

A tripulação do Norwegian Dawn enviou uma carta aos passageiros. A carta informava sobre a decisão das autoridades locais de impor quarentena no cruzeiro devido ao surto de cólera. Além disso, o adiamento do desembarque para garantir a segurança de todos a bordo. Sendo assim, a empresa Norwegian Cruise Line emitiu uma nota reconhecendo o surto e explicando as medidas tomadas para controlar a situação.

De acordo com a empresa, um pequeno número de hóspedes apresentou sintomas leves da cólera, que é uma doença estomacal durante a viagem, levando à implementação de precauções e ações para garantir o bem-estar dos passageiros e tripulantes.

O desembarque do Norwegian Dawn está programado para ocorrer na terça-feira, 27 de fevereiro de 2024, após testes adicionais exigidos pelas autoridades locais. Enquanto isso, a empresa e as autoridades continuam monitorando a situação para garantir a segurança e o bem-estar de todos a bordo.

Receba as últimas notícias do Economic News Brasil no seu WhatsApp e esteja sempre atualizado! Basta acessar o nosso canal: CLIQUE AQUI!

conteúdo patrocinado

MAIS LIDAS

conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado