Pesquisar
Close this search box.

Suprema Corte libera candidatura de Trump para 2024

Trump elegível para 2024
(Foto: Arquivo White House)

A Suprema Corte dos Estados Unidos confirmou que Donald Trump está elegível para disputar as eleições presidenciais de novembro de 2024. Esta decisão vem após meses de intensos debates sobre a possibilidade de violação da “cláusula insurrecional” da 14ª Emenda pelo ex-presidente.

Antecedentes do Caso

O processo judicial começou com uma decisão do Estado do Colorado, que questionava a elegibilidade de Trump com base na sua suposta participação nos eventos de 6 de janeiro de 2021. Argumentava-se que tal envolvimento seria um impedimento sob a 14ª Emenda da Constituição dos EUA.

Argumentos Legais e Decisão

Os juízes, majoritariamente conservadores, esclareceram que a responsabilidade de julgar a elegibilidade de um candidato reside exclusivamente no Congresso norte-americano, descartando a jurisdição estadual sobre o assunto. Essa interpretação abre caminho para que Trump continue sua campanha como pré-candidato pelo Partido Republicano.

Impacto da Decisão

A liberação de Trump para a corrida eleitoral chega em um momento importante, véspera da Superterça, influenciando potencialmente as nomeações em 16 estados e territórios, incluindo o Colorado. A decisão representa um marco, sendo a primeira vez que a Suprema Corte avalia as ações de Trump relativas ao 6 de janeiro.

Perspectivas Futuras

A candidatura com Trump elegível para 2024, agora confirmada pela Suprema Corte, coloca-o novamente no centro do cenário político americano, enfrentando desafios legais anteriores que incluíam sua remoção das urnas em estados como Maine e Illinois. A decisão reafirma a posição dominante de Trump no Partido Republicano, preparando o palco para uma eleição presidencial intensamente disputada.

Receba as últimas notícias do Economic News Brasil no seu WhatsApp e esteja sempre atualizado! Basta acessar o nosso canal: CLIQUE AQUI!

conteúdo patrocinado

MAIS LIDAS

conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado