Pesquisar
Close this search box.

Itaipu acumula energia suficiente para suprir a Terra por 43 dias

Itaipu acumula energia suficiente para suprir a Terra por 43 dias
(Foto: Alexandre Marchetti/Itaipu Binacional).

A Itaipu Binacional, localizada na fronteira entre Brasil e Paraguai, registrou um feito histórico neste sábado (9), ao atingir a produção acumulada de 3 bilhões de megawatts-hora (MWh) de energia desde o início de suas operações em maio de 1984. Esse volume de energia gerado é suficiente para suprir as necessidades do planeta por 43 dias ou do Brasil inteiro por cinco anos e onze meses, tornando-se a usina que mais produziu energia em todo o mundo.

Segundo o diretor-financeiro da usina, André Pepitone, diversos fatores contribuíram para esse resultado expressivo, incluindo a eficiência das unidades geradoras, linhas de transmissão e a diplomacia com países vizinhos para o uso das águas do rio Paraná. “Com eficiência operacional, o montante de energia limpa e renovável gerado está a serviço de mais de 200 milhões de brasileiros e de 7 milhões de paraguaios”, declarou ao Valor.

Nenhuma hidrelétrica no mundo alcançou a produção de energia de Itaipu, e a equipe técnica do projeto binacional considera pouco provável que esse volume seja ultrapassado por outras usinas nos próximos anos.

Desafios e diplomacia

Esse marco acontece em meio a negociações tarifárias entre Brasil e Paraguai para o ano de 2024. Enquanto o Brasil busca manter ou reduzir as tarifas, o Paraguai visa aumentar o valor da energia exportada para o Brasil, alegando que o preço atual é insatisfatório.

Concorrência internacional

A usina de Itaipu se mantém à frente de suas concorrentes em termos de produção acumulada de energia. A hidrelétrica de Três Gargantas, na China, apesar de ter uma capacidade instalada 60% superior à de Itaipu, produziu 1,66 bilhão de MWh até 2023, o que representa 55% do total gerado por Itaipu. Três Gargantas superou Itaipu em produção anual pela primeira vez em 2020.

No início de 2024, mesmo com uma menor afluência de água, a produção de Itaipu foi 4,5% superior ao mesmo período de 2023, impulsionada pelo aumento da demanda energética nos sistemas elétricos do Brasil e do Paraguai.

Receba as últimas notícias do Economic News Brasil no seu WhatsApp e esteja sempre atualizado! Basta acessar o nosso canal: CLIQUE AQUI!

conteúdo patrocinado

MAIS LIDAS

conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado