Pesquisar
Close this search box.
conteúdo patrocinado

Revolução dos vegetais “feios” alimenta mercado orgânico

Revolução dos vegetais "feios" alimenta mercado orgânico
(Foto: Divulgação/Diferente).

Com uma visão de mudança no setor agrícola, os engenheiros Andrey Maturana Araújo e Helena Ayumi Takahara embarcaram em um projeto ambicioso com “vegetais feios”. Em 2020, identificaram uma oportunidade no crescente interesse por alimentos orgânicos e decidiram fundar a AGRO M2T. A aposta na produção de hortifrútis orgânicos, começando com uma área de 2 mil metros de estufas, não só expandiu para 7 mil metros graças a um investimento inicial de R$ 500 mil, mas também marcou o início de uma revolução sustentável no cultivo de vegetais.

A parceria com a foodtech Diferente, especializada em comercializar produtos que desafiam os padrões estéticos convencionais, representou um marco no setor. Esta colaboração promoveu a sustentabilidade, reduzindo o desperdício de alimentos, além de ter proporcionado retornos financeiros. A AGRO M2T conseguiu direcionar cerca de 20% de sua produção anual para a Diferente, resgatando 80 toneladas de alimentos em dois anos e gerando R$ 10 milhões para 200 produtores parceiros.

Descubra como a parceria entre AGRO M2T e Diferente transformou a comercialização de vegetais "feios", promovendo um impacto sustentável.
(Foto: Divulgação/Diferente).

 

conteúdo patrocinado

 

Eduardo Petrelli, CEO da Diferente, destaca a receptividade do consumidor a essa nova categoria de produtos, oferecendo alimentos de qualidade com até 40% de desconto. A adoção de inteligência artificial pela Diferente para customizar as cestas de compras segundo as preferências dos clientes exemplifica uma inovação que reforça a conexão com o consumidor, indo além da experiência de compra tradicional.

Revolução dos vegetais "feios" alimenta mercado orgânico
(Foto: Divulgação/AGRO M2T).

A evolução da AGRO M2T e o crescimento explosivo da Diferente, que arrecadou R$ 23 milhões em 2023, refletem a dinâmica de um mercado em expansão. Com o mercado de produtos orgânicos projetado para movimentar mais de R$ 7 bilhões em 2024, estas iniciativas sinalizam um futuro promissor para a agricultura sustentável.

A parceria entre AGRO M2T e Diferente comprova a viabilidade de integrar sustentabilidade e lucratividade no agronegócio. Além disso, demonstra um compromisso com a transformação do setor alimentício. Por meio da valorização de vegetais feios e fora do padrão, essa colaboração impulsiona a produção e o consumo responsáveis, destacando o potencial ilimitado para inovação e crescimento no mercado orgânico.

conteúdo patrocinado

MAIS LIDAS

conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado