Pesquisar
Close this search box.
conteúdo patrocinado

Meta, dona do Facebook impressiona com resultados do 1T24

Facebook - Meta
(Imagem: Pexels)

A Meta revelou hoje que espera um aumento nas despesas gerais para este ano, impulsionado pelos investimentos em novos produtos de inteligência artificial (IA) e pela expansão da infraestrutura para dar suporte a essas iniciativas.

Após o anúncio, as ações da empresa registraram uma queda de 10% no pós-mercado dos Estados Unidos.

As projeções da Meta indicam despesas de capital entre US$ 35 bilhões e US$ 40 bilhões para o ano de 2024. Assim, superando a estimativa anterior que era entre US$ 30 bilhões e US$ 37 bilhões. Além disso, a Meta elevou a estimativa de despesas totais para um intervalo entre US$ 96 bilhões e US$ 99 bilhões, comparado aos US$ 94 bilhões a US$ 99 bilhões previstos anteriormente.

conteúdo patrocinado

A empresa tem concentrado esforços na melhoria das ferramentas de anúncios com o emprego de tecnologias de IA e formatos de vídeo curtos, visando impulsionar o crescimento da receita. Paralelamente, tem introduzido mecanismos de IA, como assistentes de chat, para aumentar o engajamento nas plataformas de mídia social.

Primeiro trimestre de 2024

Os resultados do primeiro trimestre demonstraram um crescimento na receita, atingindo US$ 36,46 bilhões. Portanto, superando as expectativas que eram US$ 36,16 bilhões, de acordo com dados da LSEG.

O lucro ajustado para o trimestre também superou as expectativas, totalizando US$ 12,369 bilhões ou US$ 4,71 por ação, comparado à projeção de analistas da FactSet de US$ 4,32 por ação. Esse valor representou um aumento de mais de 110% em relação ao mesmo período de 2023.

O CEO Mark Zuckerberg expressou satisfação com o desempenho, descrevendo-o como um bom começo de ano. “Estamos observando um crescimento saudável em nossos aplicativos e continuamos avançando na construção do metaverso”, declarou ele em comunicado aos investidores, destacando os progressos na área de inteligência artificial.

Para o próximo trimestre, a Meta projeta uma receita na faixa de US$ 36,5 bilhões a US$ 39,0 bilhões, em comparação com as expectativas de US$ 38,29 bilhões.

conteúdo patrocinado

MAIS LIDAS

conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado