Pesquisar
Close this search box.
conteúdo patrocinado

“Ceará Está na Moda” fortaleceu a indústria e o comércio cearense

O evento "Ceará Está na Moda" concluiu suas atividades em Fortaleza na quinta-feira (25/04).
Foto: Divulgação Sistema FIEC)

O evento “Ceará Está na Moda” concluiu suas atividades em Fortaleza na quinta-feira (25/04), após três dias de intensa programação. Promovido pela Federação das Indústrias do Estado do Ceará (Sistema FIEC), em parceria com a Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado do Ceará (Fecomércio-CE) e o Instituto de Pesquisa e Desenvolvimento do Ceará (IPDC), o evento atraiu cerca de 5 mil participantes, consolidando o fortalecimento da indústria de moda no estado.

Atividades e participação

O “Ceará Está na Moda” apresentou uma ampla gama de atrações, com aproximadamente 80 expositores da região e atividades variadas. O evento incluiu uma série de palestras e oficinas, além de uma vasta feira de moda e desfiles que mostraram as novidades de estilistas conceituados. Também foi organizado um espaço dedicado exclusivamente para encontros de negócios, oferecendo uma experiência singular para todos os que estiveram presentes.

Mais de 1.500 pessoas visitaram os stands da FIEC, onde foram apresentados serviços das Casas da Indústria dedicados ao setor de moda, incluindo capacitações e soluções de inovação. A programação contou também com oficinas do SENAI Ceará, palestras, desfiles e apresentações sobre educação executiva pelo Instituto Euvaldo Lodi (IEL) Ceará, além de projetos de impressão 3D e realidade virtual do Instituto de Tecnologia SESI SENAI Professor Ariosto Holanda.

conteúdo patrocinado
(Foto: Divulgação Sistema FIEC)

Impressões e resultados

“A primeira edição do Ceará Está na Moda foi extremamente positiva, pois trouxe uma nova visão sobre a indústria de moda no Estado, destacando o business de moda e não apenas os produtos”, comentou Paulo Couto, Analista Administrativa do SENAI Ceará.

Daniel Gomes, Presidente do Sindicato das Indústrias de Confecção de Roupas do Estado do Ceará (Sindconfecções), enfatizou a importância da feira para a visibilidade da indústria cearense e a geração de parcerias comerciais.

SENAC

Visitantes e participantes expressaram satisfação com as oportunidades de networking e aquisição de conhecimento. Kelly Ximenes, empresária de Tianguá, destacou a importância das palestras e desfiles para agregar valor ao seu negócio. Os educadores Manuel Cabral e Jander Oliveira, do Senac de Quixadá, também ressaltaram o valor das capacitações oferecidas.

Lançamento de livros

Durante o evento “Ceará Está na Moda”, a Editora Senac Ceará destacou dois lançamentos. O primeiro a ser mencionado, “Antonio Rabelo: o joalheiro do Sertão Central”, foi escrito por Eduardo Motta. Este livro examina as inspirações do Sertão nas obras de Antônio Rabelo, com destaque para o uso de materiais locais como turmalina, água-marinha e espinhos de cactos. O lançamento incluiu uma discussão entre o joalheiro e o autor.

Em seguida, foi apresentado “Graduação do Vestuário”, de Heide Gomes Casagrande, que possui uma formação técnica em Estilismo e Coordenação de Moda pelo Senac. Heide é especializada em modelagem para tecidos planos e é reconhecida por sua profunda experiência no campo.

Ambos os títulos foram disponibilizados no estande da Livraria Senac Ceará, onde também foram vendidos livros das editoras Senac e Sesc em diversas áreas, como moda, design, gastronomia, entre outras.

Conclusão e perspectivas futuras

O evento não só reforçou a posição do Ceará no cenário da moda nacional e internacional, mas também prometeu ser o precursor de muitas outras edições. Com um impacto importante na economia local e potencial para futuros negócios, o “Ceará Está na Moda” se estabeleceu como um marco para o comércio e a indústria da moda no estado.

Afonso Bezerra Jr., presidente do IPDC. (Foto: ENB)

“O evento ‘Ceará Está na Moda’ superou todas as expectativas! Foi uma demonstração incrível do que podemos alcançar quando unimos forças no setor de moda. Estou realmente impressionado com o sucesso e o impacto positivo nacional e internacional para o setor da moda,” comentou entusiasmado Afonso Bezerra Jr., presidente do IPDC.

conteúdo patrocinado

MAIS LIDAS

conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado