Pesquisar
Close this search box.
Publicidade
Publicidade
X
Publicidade
X

Como ter êxito na avaliação do seu perfil com head hunters – Por Lise Aguiar

*Coluna por Lise Aguiar, 08/04/2022

Você sabia que os head hunters gastam, em média, de oito a trinta segundos avaliando um currículo? A sua resposta para essa pergunta fará toda a diferença como você mostra seu trabalho para o mercado.

Estruturar uma sequência correta e atrativa de informações fará com que o seu perfil se destaque frente aos demais seja através da análise curricular ou do seu perfil do Linkedin.

Publicidade

Desvendando o Currículo

É comum percebermos a dificuldade que muitas pessoas encontram para elaborar um bom currículo visando a estratégia de despertar o interesse para quem o lê. Se o recrutador faz uma análise usando um tempo mínimo de oito segundos, concorda que é preciso, logo de início, apresentar ideias e resultados de forma relevante para que ele siga com essa análise?

Para começar, uma dica: todas às vezes que for direcioná-lo para uma vaga específica, faça uma nova leitura para checar se, as informações e requisitos solicitados pela vaga, estão explícitos desde o objetivo de atuação, assim como nas descrições dos demais tópicos de carreira.

Siglas, projetos, sistemas, áreas específicas e as denominações utilizados no perfil da vaga em questão, devem ser citados com relevância para que o profissional que está contratando encontre facilmente esses atributos logo no início da sua apresentação profissional.

Qualificações Profissionais

Um breve resumo sobre a experiência adquirida, segmentos onde atuou, relevância de projetos e principalmente de resultados de carreira, devem estar nos primeiros tópicos do seu currículo.

Lembre-se sempre de fazer uma apresentação das empresas onde trabalhou, tendo em vista que nem todos os profissionais que acessam seu perfil a conhecem, mencionando um breve resumo sobre o negócio, segmento, tamanho, faturamento, desde que essas informações sejam abertas para o mercado e que não haja nenhum desconforto ao apresentá-las.

Posteriormente, sugerimos uma descrição das suas principais responsabilidades no cargo ocupado assim como os resultados alcançados no período destacando todas as atividades e projetos em que contribuiu de forma direta ou indireta. Palavras como implantação, elaboração, negociação, integração, são muito bem-vindas ao explanar seus resultados evidenciando, na sequência, os objetivos alcançados (em números ou percentuais).

Deve-se considerar os últimos dez anos de carreira profissional para registro no currículo e sua trajetória será narrada com mais detalhes, quando a oportunidade da entrevista chegar até você.

Formação e Idiomas

Os cursos realizados (Graduação, Pós-graduação, Cursos de extensão) devem ser citados em tópico sobre sua “Formação” e os diversos cursos realizados de atualização, devem ser mencionados conforme a relevância destes para a sua atuação profissional. Por isso, lembre-se sempre de investir em cursos relevantes e instituições de referência para obter ainda mais êxito na avaliação do seu perfil.

Por fim, ao mencionar conhecimento em algum outro idioma, esteja bastante seguro sobre a informação mencionada, pois você poderá ser surpreendido com a mudança de língua durante a condução da entrevista e isto pode contar pontos a seu favor, ou não, na avaliação final.

Atualmente existem várias possibilidades de elaborar currículos em plataformas digitais, onde você adequará suas informações a modelos já “prontos” e gostaria de destacar que, apesar de muito se falar sobre um currículo de apenas uma página, atente-se para não resumir e suprimir informações relevantes ao elaborar o seu perfil. Nem sempre “menos é mais” quando se trata de mostrar o seu trabalho! Desperte o interesse do head hunter e tenha sempre esses dados na “ponta da língua”, como um pitch de vendas do seu perfil profissional.

**Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do ENB.

conteúdo patrocinado

MAIS LIDAS

MAIS LIDAS

conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado