Pesquisar
Close this search box.
Publicidade
Publicidade
Publicidade

Comigo lidera agronegócio no ranking Valor 1000

No cenário agroindustrial brasileiro, a Cooperativa Agroindustrial dos Produtores Rurais do Sudoeste Goiano (Comigo) emergiu como líder, conforme revelado pelo renomado ranking Valor 1000. Nascida da visão de produtores rurais em Rio Verde (GO) em 1975, a Comigo viu seu faturamento saltar para R$ 15,6 bilhões em 2022, um expressivo aumento de 50% em relação a 2021.

De acordo com os dados do Valor 1000, a cooperativa não apenas se firmou como a principal empresa privada de Goiás, mas também como a quinta maior no Centro-Oeste. Nacionalmente, sua ascensão foi notável, subindo da 101ª para a 85ª posição entre as maiores empresas. Em termos de agronegócio, a Comigo ocupa a nona posição, sendo a quarta maior cooperativa do Brasil. Entre 2021 e 2022, a cooperativa também viu seu quadro de membros crescer, passando de 9 mil para 11 mil cooperados.

Antônio Chavaglia, presidente do conselho administrativo da Comigo, atribui o notável desempenho a uma combinação de fatores, destacando-se o boom dos preços das commodities agrícolas e o aumento na quantidade de grãos recebidos. As expectativas para a próxima safra também são otimistas, com projeções indicando um crescimento de 14%.

Publicidade

A 23ª edição do Valor 1000, fruto da parceria entre a Serasa Experian e a Fundação Getulio Vargas, celebrou a performance das empresas avaliando seus balanços e práticas ESG (ambiental, social e de governança). Neste ranking, a receita líquida consolidada das mil maiores empresas chegou a R$ 7,4 trilhões, um crescimento real de 11,1% em comparação com 2021.

A cerimônia de premiação, realizada em São Paulo na segunda-feira (28/8), também reconheceu outras empresas, com a Gerdau sendo nomeada a Empresa de Valor 2023, liderando o ranking geral e também no setor de metalurgia e siderurgia.

conteúdo patrocinado

MAIS LIDAS

conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado