Pesquisar
Close this search box.

Preços do petróleo disparam após ataques dos EUA aos Houthi

preços do petroleo
(Foto: Darrim Zammit/Agência Brasil).

O mercado energético global teve reações significativas devido aos recentes ataques aéreos dos Estados Unidos contra alvos Houthi no Iêmen. Esta ação provocou um aumento abrupto nos preços do petróleo, afetando o cenário econômico global.

Impacto imediato nos preços do petróleo

Após os ataques, constatou-se um aumento imediato no preço do petróleo. O WTI (West Texas Intermediate), para entrega em fevereiro, registrou uma alta de 2,65%, alcançando US$ 73,93. Enquanto isso, o Brent para março avançou 2,53%, sendo negociado a US$ 79,37. Estes contratos, em certo momento, chegaram a apresentar um aumento de mais de 3%, com o Brent ultrapassando os US$ 80.

Além dos impactos imediatos, há preocupações crescentes sobre possíveis ataques retaliatórios dos Houthis contra instalações petrolíferas na Arábia Saudita, o que poderia agravar ainda mais a situação.

Contexto histórico e perspectivas futuras

Este cenário remete ao ataque de drones de 2019 contra plataformas sauditas, que interrompeu temporariamente cerca de 5% do abastecimento mundial de petróleo. A situação atual no Oriente Médio reacende temores de um conflito regional mais amplo, potencialmente afetando o suficiente global de petróleo.

Previsões do mercado

A escalada do conflito e seus efeitos trazem preocupação ao mercado de petróleo. Apesar do recente aumento, os preços do petróleo ainda estão abaixo dos níveis vistos antes dos ataques de outubro do Hamas contra Israel. A volatilidade foi acentuada pela apreensão de um petroleiro pelo Irã no Golfo de Omã, embora esse impacto tenha sido temporário.

Sem dúvida, o cenário atual evidencia a sensibilidade do mercado de petróleo a conflitos geopolíticos. Os desenvolvimentos no Iêmen, e suas repercussões em outras regiões, continuarão a ser um fator crucial na determinação dos preços do petróleo no mercado global.

Receba as últimas notícias do Economic News Brasil no seu WhatsApp e esteja sempre atualizado! Basta acessar o nosso canal: CLIQUE AQUI!

conteúdo patrocinado

MAIS LIDAS

conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado