Novo modelo de trabalho: empresas iniciam semana de 4 dias

Novo modelo de trabalho: empresas iniciam semana de 4 dias
(Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil)

Iniciando janeiro de 2024, 22 empresas brasileiras embarcaram em uma jornada inovadora: a adoção da semana de trabalho de 4 dias. Este movimento, anunciado no final de 2023, tem como objetivo não só aumentar a produtividade mas também melhorar a qualidade de vida dos funcionários. As informações são do Istoé Money.

A transição para este novo modelo de trabalho é parte de um estudo conduzido pela Fundação Getúlio Vargas (FGV) em parceria com a 4 Day Week Brazil, uma consultoria especializada. O estudo visa avaliar os impactos dessa mudança no ambiente corporativo.

Os primeiros passos neste experimento envolveram entrevistas qualitativas com lideranças das empresas participantes. Curiosamente, apesar da liberdade no formato da semana reduzida, a maioria optou por dar aos funcionários um dia inteiro de folga, ao invés de reduzir as horas trabalhadas diariamente.

Para serem elegíveis ao programa, as empresas comprometeram-se a manter os salários dos empregados intactos, enquanto reduzem significativamente a carga horária de trabalho. Este modelo, denominado 100-80-100, refere-se a manter 100% do salário, reduzir para 80% o tempo de trabalho, mantendo 100% da produtividade.

Surpreendentemente, mais de 70% das empresas envolvidas no projeto piloto decidiram aplicar a semana de 4 dias a todos os seus funcionários. As demais optaram por implementar a mudança em departamentos específicos inicialmente.

Vários fatores impulsionaram as empresas a aderir a este novo modelo de trabalho. Elas visam enfrentar desafios na atração e retenção de talentos, aumentar a produtividade e o engajamento dos funcionários, melhorar a qualidade de vida e inovar na organização do trabalho.

Este experimento representa um marco significativo no cenário corporativo brasileiro. Se for bem-sucedido, este modelo transformará a maneira como empresas e funcionários percebem o equilíbrio entre trabalho e vida pessoal. Isso beneficia tanto a produtividade das organizações quanto o bem-estar dos trabalhadores.

Receba as últimas notícias do Economic News Brasil no seu WhatsApp e esteja sempre atualizado! Basta acessar o nosso canal: CLIQUE AQUI!

conteúdo patrocinado

MAIS LIDAS

conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado