Mercado financeiro encerra em baixa com queda da Gol

(Foto: David McBee no Pexels)

No mercado financeiro desta terça-feira (30), o Dólar Comercial se manteve estável, cotado a R$ 4,945, sem registrar variação percentual. O Euro, por sua vez, apresentou leve alta de 0,22%, sendo negociado a R$ 5,364. O Dólar Turismo apresentou uma pequena retração de 0,14%, estando cotado a R$ 5,149. A Libra Esterlina registrou uma queda de 0,31%, negociada a R$ 6,285. O Peso Argentino manteve-se estável, sem alterações, com valor de R$ 0,006. No cenário das criptomoedas, o Bitcoin destacou-se com um aumento significativo de 5,4%, alcançando a marca de R$ 207.470,062.

Nesta terça-feira, o Ibovespa registrou queda de 0,86%, fechando a 127.401,81 pontos, em um dia marcado pela cautela do mercado antes das decisões de política monetária no Brasil e nos Estados Unidos. As ações da Gol (GOLL4) sofreram forte queda, na véspera de sua exclusão do índice pela B3. O índice oscilou entre 127.104,69 e 128.492,38 pontos ao longo do pregão.

Confira a movimentação no mercado de ações:

+Altas

  1. Suzano Papel e Celulose (SUZB3.SA): +2,56%, fechando a R$ 52,10.
  2. Carrefour Brasil (CRFB3.SA): +2,51%, encerrando o dia a R$ 10,63.
  3. Embraer (EMBR3.SA): +2,46%, fechando a R$ 22,87.
  4. Vibra Energia (VBBR3.SA): +1,43%, encerrando a R$ 23,34.
  5. CSN Mineração (CMIN3.SA): +1,02%, fechando a R$ 6,90.

+Baixas

  1. Gol Linhas Aéreas Inteligentes (GOLL4.SA): -26,97%, cotada a R$ 2,87.
  2. Bahia Mineração (BHIA3.SA): -8,32%, fechando a R$ 7,60.
  3. Qualicorp (QUAL3.SA): -6,03%, encerrando a R$ 2,18.
  4. Braskem (BRKM5.SA): -5,64%, fechando a R$ 17,72.
  5. Méliuz (CASH3.SA): -5,6%, cotada a R$ 7,42.

Novo Boletim Focus reduz projeção da inflação para 2024

O Banco Central divulgou hoje (30/01) o Boletim Focus, trazendo novas projeções para diversos indicadores econômicos nos próximos anos. Para 2024, a expectativa de inflação caiu de 3,86% para 3,81%. Essa revisão situa a inflação dentro do teto da meta estabelecida pelo Conselho Monetário Nacional (CMN), que é de 3% para 2024 e 2025. As projeções para 2025, 2026 e 2027 se mantêm em 3,50%. O boletim viria no dia 29, mas sofreu atraso devido à greve de servidores do BC.

Gol enfrenta maior queda nas ações desde a pandemia

A Gol iniciou o ano com uma situação financeira preocupante. A empresa aérea revelou uma dívida de aproximadamente R$ 20,176 bilhões ao fechar o ano de 2023. Este valor, divulgado em um comunicado na segunda-feira (30/01), ainda aguarda a análise de auditores externos, sendo considerado preliminar.

Inflação do aluguel perde força depois de seis meses

A inflação que afeta diretamente os contratos de aluguel, conhecida pelo Índice Geral de Preços – Mercado (IGP-M), apresentou desaceleração em janeiro, atingindo apenas 0,07%. Este indicador, amplamente utilizado para o reajuste de aluguéis e diversos outros serviços, mostra uma mudança após seis meses consecutivos de alta. A Fundação Getulio Vargas (FGV), responsável pela divulgação destes dados, apontou também que, no acumulado dos últimos 12 meses, o índice registrou uma deflação de 3,32%, indicando uma inflação negativa.

Dívida pública brasileira atinge 6,52 trilhões em 2023

A Secretaria do Tesouro Nacional, vinculada ao Ministério da Fazenda, divulgou hoje (30) que a Dívida Pública Federal do Brasil encerrou o ano de 2023 em R$ 6,52 trilhões. O valor representa um aumento de 9,56% em comparação a 2022, quando a dívida estava em R$ 5,951 trilhões.

Brasil criou 1,48 milhão de empregos formais em 2023

O Brasil encerrou o ano de 2023 com um saldo positivo no mercado de trabalho. De acordo com os dados do Novo Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), divulgado pelo Ministério do Trabalho e Previdência, nesta terça (30/1), o país criou 1.483.598 novos empregos formais.

Receba as últimas notícias do Economic News Brasil no seu WhatsApp e esteja sempre atualizado! Basta acessar o nosso canal: CLIQUE AQUI!

conteúdo patrocinado

MAIS LIDAS

conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado