Pesquisar
Close this search box.

Veja como os festivais impactam a economia de São Paulo

Lollapalooza - Festivais
(Imagem: divulgação/Lollapalooza 2018)

A cidade de São Paulo, reconhecida como a que nunca dorme, tem passado por uma evolução marcante ao longo dos anos. Anteriormente conhecida principalmente pelas atividades empresariais, atraindo pessoas de todas as partes do Brasil e do mundo para negócios, agora é um destino escolhido criteriosamente por turistas em busca de entretenimento e eventos diversificados.

São Paulo se tornou um ponto de desembarque certo para artistas nacionais e internacionais, com apresentações confirmadas em território brasileiro. Esses megashows e festivais não apenas atraem multidões ávidas por música, mas também impulsionam a economia local, proporcionando experiências gastronômicas e culturais únicas.

Ricardo Andres Roman Jr., presidente da Associação Brasileira da Indústria de Hotéis do Estado de São Paulo (ABIH-SP), destaca que o calendário de eventos culturais e a oferta gastronômica diversificada fortalecem a imagem da metrópole como um destino turístico cultural de destaque.

Em 2023, o setor de eventos registrou um aumento de 46,6%, consolidando-se como o maior gerador de empregos no país. Após um período desafiador durante a pandemia de Covid-19, o turismo de entretenimento emerge como uma força vital na economia do turismo paulista.

Movimentação econômica 

O setor de turismo movimentou um recorde de R$ 289,6 bilhões em 2023, ou seja, 9,3% do PIB do Estado. Grandes shows e festivais invadiram a capital paulista, com mais de 50 artistas internacionais se apresentando em locais emblemáticos como Allianz Parque, Estádio do Morumbi e Autódromo de Interlagos.

A diretora de Marketing da Maxmilhas, Tahiana D’Egmont, observa um aumento na demanda por hospedagem durante eventos de destaque. A cidade recebe uma enxurrada de renomados artistas e bandas, como Taylor Swift, Paul McCartney, Red Hot Chilli Peppers, entre outros, impulsionando não apenas o setor de hospedagem, mas também o turismo como um todo.

Lollapalooza

O Lollapalooza, por exemplo, movimentou cerca de R$ 931,3 milhões diretamente e indiretamente. Com uma expectativa de público de 241 mil pessoas para a 11ª edição. Assim, o festival continua impulsionando o turismo em São Paulo.

Marcio Flores, diretor de entretenimento da Alvarez & Marsal, destaca a crescente interseção entre turismo e entretenimento. Empresas do setor turístico estão cada vez mais se adaptando para oferecer pacotes que integram experiências culturais e de entretenimento.

Com uma série de shows já confirmados para 2024, São Paulo continua consolidando a posição como um dos principais destinos de turismo de entretenimento do mundo. O turismo de eventos não só impulsiona a economia, mas também enriquece a vida cultural da cidade, atraindo turistas de todo o mundo em busca de experiências únicas.

Receba as últimas notícias do Economic News Brasil no seu WhatsApp e esteja sempre atualizado! Basta acessar o nosso canal: CLIQUE AQUI!

conteúdo patrocinado

MAIS LIDAS

conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado