Ata do Fed e cenário econômico

Ata do Fed revela perspectivas econômicas e impacta mercados. Ministério da Fazenda e RCN também influenciam cenário financeiro.
Foto: Vladislav Reshetnyak/Pexels

Na última divulgação da Ata do Federal Reserve (Fed), todos os olhares se voltaram para as indicações sobre a política monetária. Destacou-se a afirmação de que a geração de empregos continua alta. Além disso, o Sistema Financeiro é considerado sólido, apesar das condições de crédito terem apertado. Porém, a qualidade de crédito das empresas mostra sinais de deterioração.

As expressões “vemos maior aperto como apropriado se caminho para inflação de 2% for insuficiente” e “PIB e emprego terão que arrefecer para inflação chegar à meta” geraram desconforto nos mercados, refletindo em abertura de juros e queda nas bolsas, tanto nacional quanto internacionalmente.

Além da Ata do Fed, o mercado também reagiu às projeções econômicas do Ministério da Fazenda. Enquanto as projeções do Ministério ficaram em segundo plano, as falas do RCN tiveram impacto positivo, contribuindo para amenizar o fechamento tumultuado. No entanto, a analogia humorística com os “três porquinhos” ilustra que, no final, a Ata do Fed, representada como o personagem “Prático”, foi o principal condutor das oscilações, enquanto as outras influências se abrigaram sob seu impacto.

Receba as últimas notícias do Economic News Brasil no seu WhatsApp e esteja sempre atualizado! Basta acessar o nosso canal: CLIQUE AQUI!

conteúdo patrocinado

MAIS LIDAS

conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado