Pesquisar
Close this search box.

SPX enfrenta desafio após ano difícil; entenda

Após perdas em 2023, SPX Capital planeja recuperação. (Foto: MHouge/Pixabay)
Após perdas em 2023, SPX Capital planeja recuperação. (Foto: MHouge/Pixabay)

A SPX Capital, liderada por Rogério Xavier, enfrentou desafios em 2023, com perdas de R$ 12,7 bilhões em seus fundos multimercados, marcando um dos anos mais difíceis para a gestora. A performance abaixo do esperado colocou seus fundos, Raptor e SPX Nimitz, entre os de menor rentabilidade, distanciando-se significativamente do CDI.

Causas das perdas da SPX Capital

A performance adversa é atribuída a uma combinação de excesso de confiança após anos de bons resultados, uma menor presença do gestor Rogério Xavier, e um desvio de foco devido à expansão da gestora. Contudo, a SPX nega que estes fatores tenham afetado sua gestão, atribuindo as perdas a uma leitura equivocada do cenário econômico.

Estratégias de recuperação

Rogério Xavier, em um evento do UBS em janeiro, reconheceu os erros cometidos pela gestora e destacou o comprometimento com a recuperação dos fundos. A SPX busca reverter o cenário negativo focando na recuperação de seus fundos e na continuação de seu plano de expansão global e diversificação de investimentos.

Expansão e diversificação

A SPX não desacelera seus planos de expansão, mesmo diante dos desafios. A gestora aspira se tornar uma asset global e multiproduto nos próximos dez anos. Com a criação de sua vertical de Soluções de Investimento em 2023, a SPX mira em gerir mandatos institucionais e já conquistou seu primeiro mandato, sinalizando um potencial de crescimento futuro.

Presença internacional

A internacionalização tem sido uma estratégia bem-sucedida para a SPX, atraindo investidores de peso dos Estados Unidos e Europa. Hoje, um terço de seus investidores vem do exterior, evidenciando o sucesso da gestora em diversificar suas fontes de capital e diminuir a dependência do mercado local.

Futuro da SPX

Apesar das adversidades enfrentadas em 2023, a SPX mantém crédito junto aos seus investidores devido ao histórico de desempenho positivo nos últimos dez anos. Com R$ 60 bilhões sob gestão, a gestora continua focada na recuperação de seus fundos e no avanço de seus projetos de diversificação e internacionalização, visando solidificar ainda mais sua posição no mercado financeiro global.

Receba as últimas notícias do Economic News Brasil no seu WhatsApp e esteja sempre atualizado! Basta acessar o nosso canal: CLIQUE AQUI!

conteúdo patrocinado

MAIS LIDAS

conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado