O que o mercado financeiro revelou nesta quarta-feira (17)

mercado financeiro hoje
(Foto: David McBee/Pexels)

No mercado financeiro desta quarta-feira (17), o Dólar Comercial apresentou um leve aumento de 0,09%, cotado a R$ 4,930, enquanto o Euro cresceu 0,07%, fechando a R$ 5,359. Outras moedas também registraram altas: o Dólar Turismo subiu 0,21% para R$ 5,137, a Libra Esterlina aumentou 0,43% para R$ 6,255, e o Peso Argentino cresceu 1,21%, mantendo-se para R$ 0,006. Em contraste, o Bitcoin enfrentou uma queda de 1,52%, avaliado em R$ 211.865,344.

O Ibovespa seguiu o desempenho negativo dos mercados em Nova York e encerrou o dia com uma queda de 0,60%, atingindo 128.523 pontos. Este resultado marca o menor patamar desde 12 de dezembro, quando o índice fechou a 126.403 pontos.

Confira a movimentação no mercado de ações:

+Altas

  1. SLCE3.SA (SLC Agrícola): +3,87%, fechando a R$ 18,80.
  2. EXCO32.SA (Éxito): +3,07%, fechando a R$ 16,80.
  3. CASH3.SA (Méliuz): +2,79%, fechando a R$ 7,75.
  4. NTCO3.SA (Natura &Co): +2,63%, fechando a R$ 16,76.
  5. ECOR3.SA (Ecorodovias): +2,16%, fechando a R$ 9,00.

+Baixas

  1. RRRP3.SA (3R Petroleum): -3,97%, fechando a R$ 27,30.
  2. QUAL3.SA (Qualicorp): -3,87%, fechando a R$ 2,98.
  3. PCAR3.SA (Grupo Pão de Açúcar): -3,78%, fechando a R$ 4,58.
  4. VAMO3.SA (Vamos Locação): -3,55%, fechando a R$ 8,97.
  5. BRFS3.SA (BRF S.A.): -3,53%, fechando a R$ 12,57.

Haddad calcula impacto de R$ 32 bilhões com desonerações

O ano de 2023 apresenta um desafio fiscal significativo para o governo brasileiro, com estimativas apontando um impacto de R$ 32 bilhões. Essa cifra expressiva emerge principalmente de duas fontes: a desoneração da folha de pagamento e o Programa Emergencial de Retomada do Setor de Eventos (Perse).

Governo e fabricantes apostam em híbridos a etanol

O governo brasileiro, em colaboração com fabricantes de veículos, está promovendo o carro híbrido a etanol como uma solução chave para a transição energética no país. Esse movimento é sustentado por uma nova métrica de avaliação de emissões, chamada “do poço à roda”, uma abordagem que considera todas as emissões desde a produção até o uso do combustível.

Vendas no varejo: crescimento de 0,1% em novembro 2023

Em novembro de 2023, o comércio varejista brasileiro registrou um crescimento marginal de 0,1% em comparação com outubro, na série com ajuste sazonal. Este resultado sucede uma variação negativa de -0,3% em outubro e um aumento de 0,6% em setembro. Os dados são da Pesquisa Mensal do Comércio divulgada nesta quarta-feira (17) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

Apple vs Samsung: quem lidera o ranking de vendas em 2023

Apple comemora a conquista no mercado de smartphones de 2023, de acordo com dados preliminares da IDC. A empresa americana ultrapassou a sul-coreana Samsung em número de unidades vendidas, uma conquista que não ocorria desde 2010. A Apple comercializou um total de 234,6 milhões de unidades, superando os 226,6 milhões da Samsung. A chinesa Xiaomi permanece em terceiro lugar, mas está cada vez mais distante do topo do ranking.

Inter busca expansão com novo follow-on

O Inter (INBR32) anunciou, em um comunicado ao mercado na terça-feira (16), seu plano de expansão por meio de uma oferta pública de ações. A empresa busca a emissão de até 32 milhões de ações ordinárias classe A, conforme documentado na SEC (Securities and Exchange Commission).

Inflação cresce em 6 capitais brasileiras

Divulgado nesta quarta (17), o índice de Preços ao Consumidor Semanal (IPC-S) da segunda quadrissemana de janeiro de 2024 apresentou um aumento de 0,49%, acumulando uma alta de 3,23% nos últimos 12 meses. A pesquisa sobre a inflação é realizada pelo Instituto Brasileiro de Economia da Fundação Getulio Vargas (Ibre/FGV).

Conheça detalhes sobre a venda da antiga fábrica da Ford no ABC

Está prevista a venda do terreno onde funcionava a fábrica da Ford em São Bernardo do Campo, São Paulo, para a empresa americana Prologis. O valor estimado da transação é de R$ 850 milhões. A intenção é desenvolver no local um condomínio logístico, abrangendo uma área locável superior a 400 mil m².

Gol Linhas Aéreas perde R$ 293 milhões na bolsa em 48 horas

O cenário do setor aéreo brasileiro está tenso. As empresas Gol e Azul estão no centro das atenções, enfrentando desafios financeiros significativos. A possibilidade de a Gol Linhas Aéreas entrar em recuperação judicial nos Estados Unidos, um processo conhecido como Chapter 11, agitou o mercado, resultando em uma perda de R$ 293 milhões em valor de mercado em dois dias de negociação na B3. As ações da empresa sofreram uma queda de 3,36%, caindo para R$ 6,90.

Receba as últimas notícias do Economic News Brasil no seu WhatsApp e esteja sempre atualizado! Basta acessar o nosso canal: CLIQUE AQUI!

conteúdo patrocinado

MAIS LIDAS

conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado